Foto de Thomas Müller

Thomas Müller Masculino

Role a página para encontrar informações gerais como peso, altura e idade de Thomas Müller, dentre outras.

Você também irá encontrar outras celebridades que fazem aniversário no mesmo dia, além de signo dos famosos e comentários da comunidade.

Bayern de Munique de Thomas Müller

Surgiu no time juvenil do Bayern, fazendo sua estreia no time principal na temporada 2009-10 na Copa Audi onde ele foi campeão pelo Bayern derrotando o Milan na final.

Foi também o artilheiro da competição com dois golos. Na sua primeira temporada ele foi eleito o Melhor Jogador Jovem do Campeonato Alemão e também ele entrou na Seleção do Campeonato Alemão.

Estes feitos fez com que fosse chamado para jogar na Seleção Alemã de Futebol, inclusive para a Copa do Mundo de 2010, onde marcou cinco golos em seis jogos pela Alemanha, que terminou no terceiro lugar.

Foi nomeado como o Melhor Jogador Jovem da Copa do Mundo FIFA Müller também ganhou a Chuteira de Ouro da Copa do Mundo da FIFA, que é entregue ao artilheiro do torneio, com cinco golos e três assistências.

Depois da Copa do Mundo da FIFA, Müller ganhou o prêmio de maior revelação da World Soccer e o Trofeo Bravo, entregue ao melhor jogador da Europa com menos de vinte e três anos.

Desde os dez anos de idade no Bayern de Munique, Müller progrediu até equipe Sub-19 do Bayern, que terminou em segundo lugar na Bundesliga. Após defender durante quase duas temporadas a equipe reserva do Bayern, onde se tornou o principal nome do elenco que disputava a terceira divisão alemã, Müller também foi chamado para jogar na equipe principal, que era comandada por Jürgen Klinsmann, ele apareceu na pré-temporada de amistosos do Bayern de Munique, Müller estreou na Bundesliga pela equipe principal, no dia 15 de agosto de 2008 substituindo Miroslav Klose, na partida contra o Hamburgo.

E na competições europeias, Müller estreou contra o Sporting Clube de Portugal, substituindo Bastian Schweinsteiger, aos setenta e dois minutos.

Nessa mesma partida, marcou seu primeiro gol pela equipe principal do Bayern de Munique e seu primeiro gol na Liga dos Campeões da UEFA, na vitória por 7–1, sendo o sétimo o seu gol.

No começo da temporada quando Louis van Gaal foi nomeado técnico do Bayern, Müller tornou-se um dos maiores talentos da equipe.

Durante a pré-temporada, Müller terminou como artilheiro do torneio amistoso Copa Audi. Torneio preparatório para a temporada, foi realizado no Allianz Arena, onde marcou seus dois golos na goleada sobre o Milan, por 4–1, sendo o primeiro e último seus.

No início da temporada, acabou não sendo usado de início como titular da equipe, mas entrando no decorrer do segundo tempo.

Na partida contra o rival Borussia Dortmund, um dia antes de completar vinte anos, Müller marcou dois golos na vitória por 5–1.

Três dias depois, marcou mais uma vez, na vitória sobre o time israelense Maccabi Haifa, e fechando o mês de setembro sendo eleito o melhor jogador do mês e recebendo elogios do ex-jogador atacante Gerd Müller.

Após a partida contra o Maccabi Haifa, Müller começou no onze inicial para quase todas as partidas, só faltava um jogo para a partida de volta na Liga dos Campeões da UEFA contra Bordeaux, para o qual foi suspenso, porque ele foi expulso na partida de ida contra o Bordeaux, em fevereiro de 2010, Müller assinou um novo contrato com o Bayern de Munique até 2013. De início apenas uma aposta do treinador Louis van Gaal, Müller acabou se tornando mais importante para o elenco do Bayern, principalmente, atuando ao lado de Franck Ribéry e Arjen Robben, tanto que marcou seu primeiro hat-trick na carreira, contra o Bochum, garantindo o título do Fußball-Bundesliga 2009/2010.

Müller disputou todas as trinta e quatro partidas (tendo iniciado vinte e nove), marcando treze vezes e dado onze assistências.

Uma semana após o término do campeonato, o Bayern enfrentou o Werder Bremen na final da Copa da Alemanha. Tendo Müller iniciado a partida como titular, acabou sendo substituído no final do segundo tempo na vitória por 4–0, que garantiu o segundo título na temporada.

Müller, foi o artilheiro do torneio com quatro golos, além de duas assistências. Na Liga dos Campeões da UEFA Thomas Müller foi um dos jogadores fundamentais para a vitória e a classificação do Bayern sobre o Manchester United nas quartas de final.

Voltou a disputar uma final poucos dias após o título da Copa da Alemanha, quando enfrentou na final da Liga dos Campeões da UEFA a Internazionale.

Müller iniciou a partida como titular, e teve uma grande chance aos trinta minutos de partidas, quando acabou tendo um chute defendido pelo goleiro Júlio César, quando o Bayern perdia por 1–0.

Sua equipe acabou sofrendo mais um gol e perdendo o título europeu. Ainda assim, Müller foi um dos principais jogadores do Bayern na temporada e das competições europeias e nacionais, marcando dezenove vezes nas cinquenta e duas partidas disputadas, tendo em uma pesquisa realizada pela revista Kicker, sido eleito o melhor jovem jogador da temporada.

Após disputar a Copa do Mundo da FIFA, Thomas Müller foi eleito a revelação do ano World Soccer de 2010 e foi o artilheiro da Copa do Mundo da FIFA ganhando a Chuteira de Ouro da Copa do Mundo FIFA e se tornando o destaque nesse mundial de 2010, renovando seu contrato com o Bayern por cinco temporadas até 2015.

Marcou o primeiro gol da vitória por sobre o Schalke 04, conquistando o título da Supercopa da Alemanha. Durante a temporada 2011–12 conseguiu ainda mais destaque marcando gols importantes como na Final da Liga dos Campeões da UEFA de 2011–12, na qual o Bayern acabou derrotado nos pênaltis pelo Chelsea mesmo jogando em casa.

Conquistou a tríplice coroa (Bundesliga, Copa da Alemanha e Liga dos Campeões) na temporada seguinte sob o comando de Heinks.

Desta vez foi ainda mais participativo atuando em quase todos os jogos e sendo descisivo na maioria deles. Müller fez gol na vitória sobre o Arsenal em pleno Emirates Stadium por 3–1 válido pelas oitavas de final e também nos dois jogos contra a Juventus pelas quartas de final.

No jogo de ida da semifinal, marcou o primeiro gol do jogo aos 23 minutos, ajudando o Bayern a golear o Barcelona na Allianz Arena por 4–0.

Fez gol no amistoso contra o Barcelonaem agosto de 2013, no qual o time bárvaro venceu por 2–0. Disputou a Supercopa da UEFA de 2013 e a Supercopa da Alemanha, sagrando-se campeão do primeiro em partida contra o Chelsea decidia nos pênaltis.

Em 2013–14 foi artilheiro do Campeonato Alemão e conquistou o título pelo Bayern. Também foi campeão da Copa da Alemanha marcando na final da competição.

Também marcou contra o Arsenal pelas oitavas de final da Liga dos Campeões e contra o Manchester United nas quartas.

Em 2014-15 foi novamente campeão nacional pelo Bayern. Marcou um gol na semifinal da Copa da Alemanha contra o rival Borussia, mas não conseguiu evitar a eliminação nos pênaltis.

Na Liga dos Campeões marcou na goleada sobre o Shakhtar Donetsk por 7–0 nas oitavas e no 6–1 contra o FC Porto pelas quartas de final.

No jogo de volta da semifinal fez o gol que garantiu a vitória por 3–2 contra o Barcelona de Neymar, Luis Suárez e Messi. Em dezembro de 2015 ampliou seu vínculo com o clube até 2021.

Müller entra para um grupo seleto de jogadores que participaram de grandes feitos na história do futebol, tendo participado da goleada contra o Brasil pela seleção alemã em 2014 na copa do mundo no famoso 7–1 e também na Liga dos Campeões de 2019–20 eliminando o Barcelona pelo placar de 8–2 aonde marcou duas vezes pelas quartas de final da competição.

Seleção Alemã de Thomas Müller

Continuando seu bom desempenho na temporada 2009-10, a imprensa começou a considerar sua convocação para a Nationalelf, o que aconteceu em novembro do mesmo ano, para o amistoso contra a Costa do Marfim.

Porém, com o suicídio do goleiro Robert Enke, e o cancelamento da partida anterior, acabou perdendo a chance de estrear, continuando apenas defendendo as equipes de base.

Não demorou muito, e Müller conseguiu estrear com a camisa da Alemanha, na partida contra a Argentina, em março do ano seguinte.

Tendo iniciado a partida como titular, acabou sendo substituído aos sessenta e seis minutos, por seu companheiro na época de Bayern Toni Kroos (que também estreava com a camisa germânica).

A Alemanha perdeu por 1 a 0.

Títulos de Thomas Müller

Bayern de MuniqueCampeonato Alemão: 2009–10, 2012–13, 2013–14, 2014–15, 2015–16, 2016–17, 2017–18, 2018–19, 2019–20, 2020–21 Copa da Alemanha: 2009–10, 2012–13, 2013–14, 2015–16, 2018–19, 2019–20 Supercopa da Alemanha: 2010, 2012, 2016, 2017, 2018, 2020, 2021 Liga dos Campeões da UEFA: 2012–13, 2019–20 Copa Uli Hoeneß: 2013 Copa Audi: 2009, 2013, 2015 Supercopa da UEFA: 2013, 2020 Copa do Mundo de Clubes da FIFA: 2013, 2020Seleção AlemãCopa do Mundo FIFA: 2014.

Data de Aniversário de Thomas Müller

Thomas Müller comemora seu aniversário todo dia 13 de Setembro, e é do signo de Virgem.

Thomas Müller: Idade e Data de Nascimento

Thomas Müller nasceu em 1989, era Quarta-feira. Hoje tem 32 anos de idade.

Altura de Thomas Müller

De acordo com as informações que recebemos, Thomas Müller tem 1.86 m de altura. Thomas Müller é considerado uma pessoa de estatura alta.

Características Físicas

Altura 1.86 m
Peso Não informado
Peso Ideal 77.0 kg
Olhos Não informado
Tom da pele Não informado
Sexo / Gênero Masculino

Também fazem aniversário no dia 13 de Setembro

Outros famosos do signo de Virgem

Ver todos

Comentários