Foto de Othon Bastos

Othon Bastos Masculino

Role a página para encontrar informações gerais como peso, altura e idade de Othon Bastos, dentre outras.

Você também irá encontrar outras celebridades que fazem aniversário no mesmo dia, além de signo dos famosos e comentários da comunidade.

Biografia de Othon Bastos

Othon fixou residência no Rio de Janeiro ainda jovem, após a morte de seus pais, para estudar em colégio interno.

Ingressou no grupo teatral mantido por Paschoal Carlos Magno, atuando primeiramente como assistente de cenografia, de iluminação e de sonoplastia e, a partir de 1951, como ator.

Carreira de Othon Bastos

Em 1956/1957 estudou teatro em Londres. De volta ao Brasil foi trabalhar na TV Tupi. Em 1962 participou de três filmes, o premiado O pagador de promessas, de Anselmo Duarte, Tocaia no asfalto, de Roberto Pires, e Sol sobre a lama, de Alex Viany. Foi dirigido por Glauber Rocha em Deus e o diabo na terra do sol e O dragão da maldade contra o santo guerreiro.

Em 1970 foi o vencedor do prêmio de melhor ator no Festival de Brasília por sua atuação em Os deuses e os mortos, de Ruy Guerra, e em 1973 levou o prêmio de melhor ator no Festival de Gramado por seu papel em S. Bernardo, de Leon Hirszman. Sobre o clássico Deus e o diabo na terra do sol, segundo Othon Bastos, no roteiro havia um flashback do cangaceiro Corisco, seu personagem.

Então Othon fez sua sugestão brechtiana: "Por que não fazer Corisco narrando a própria história e não um flashback?". Glauber aceitou, o que merece elogios do intérprete ainda hoje: "Glauber, que na época tinha seus 22, 23 anos, e fazia seu primeiro grande filme, teve a coragem e a generosidade de aceitar essa experiência".

No teatro, fez, entre outras peças, As três irmãs, de Tchekhov, Um bonde chamado desejo, de Tennessee Williams e o Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna.

Encenou Castro Alves pede passagem, de Gianfrancesco Guarnieri, Murro em Ponta de Faca, de Augusto Boal, Calabar – O Elogio da Traição, de Chico Buarque e Ruy Guerra.

Chegou a ter sua própria companhia de teatro, em sociedade com sua mulher, a atriz Martha Overbeck. Othon Bastos é um ator recordista em participações na TV, já tendo participado de mais de 80 produções entre novelas, séries, minisséries e casos especiais nas diversas emissoras pela qual já passou.

O cineasta Sérgio Resende, diretor do filme "Mauá: o imperador e o rei", afirmou que Othon Bastos seria o maior ator brasileiro de todos os tempos.[carece de fontes?] No filme, Othon dá vida ao personagem Visconde de Feitosa, atuação que lhe rendeu a indicação ao prêmio de melhor ator no Grande Prêmio Cinema Brasil. No cinema Othon Bastos já acumula cerca de 80 filmes.

Nos anos 90, dois filmes nacionais que tiveram sua participação concorreram ao Óscar de melhor filme estrangeiro: O Que É Isso, Companheiro?, de Bruno Barreto, e Central do Brasil, de Walter Salles. Em 2010, Othon Bastos participou do seriado Na Forma da Lei, de Antônio Calmon, e da telenovela Escrito nas Estrelas, de Elizabeth Jhin. Em 2011 Othon Bastos está no elenco do filme Heleno, contracenando novamente com Rodrigo Santoro, com quem não atuava desde Bicho de Sete Cabeças, de Laís Bodanzky. Também em 2011 Othon Bastos é escalado para diversas produções do cinema nacional, entre elas: Ponto Final do diretor Marcelo Taranto, O Gerente, de Paulo César Saraceni, Vazio Coração do diretor Alberto Araújo, e o filme de estreia como diretor, do ator José Wilker, Giovanni Improtta. De 1 a 13 de fevereiro de 2011 foi realizada uma retrospectiva sobre a obra de Othon Bastos, pelo Centro Cultural do Banco do Brasil em Brasília, intitulada "O Cinema de Othon Bastos", com curadoria de Davi Kolb.

Foram exibidos 13 clássicos do cinema nacional que contribuíram para imortalizar a carreira do ator baiano, entre eles o filme de estreia do ator filmado em 1962, Sol Sobre a Lama, do diretor Alex Viany.

O próprio Othon participou, já na noite de abertura, de um debate no CCBB, ao lado do curador e do cineasta Vladimir Carvalho. Em maio de 2011 Othon Bastos viveu o bicheiro Agenor Improtta, primo de Giovanni Improtta na série Lara com Z, da Rede Globo, de autoria de Aguinaldo Silva e dirigida por Wolf Maya. Em 2012 o ator foi escalado para viver "Lexor", um espírito de luz, na novela da Rede Globo Amor Eterno Amor, de Elizabeth Jhin. No 17º Prêmio Contigo!

De Cinema Nacional, ocorrido em 17 de setembro de 2012, no Teatro Tom Jobim, Othon Bastos foi homenageado por seus 50 anos de carreira, com um prêmio especial da revista Contigo!

E do canal MGM. Em 2013 Othon Bastos está no elenco do Telefilme Didi, O Peregrino, ao lado de Renato Aragão e Monique Alfradique, que vai ao ar como especial de fim de ano na Rede Globo.

Também em 2013 chega aos cinemas o filme Vazio Coração, do diretor Alberto Araújo, com Othon Bastos no elenco. No mesmo ano Othon Bastos filma em Brasília O Último Cine Drive-In, primeiro longa metragem do diretor Iberê Carvalho, no qual interpreta o personagem Almeida.

Em 2014 Othon Bastos pode ser visto novamente na Rede Vida de televisão, na reprise da novela Os Imigrantes, de Benedito Ruy Barbosa, na qual interpretou um dos protagonistas, o português Antônio Pereira.

O ator também foi um dos homenageados no 4º Anápolis Festival de Cinema, que aconteceu entre os dias 18 e 25 de maio de 2014, por sua significativa colaboração para a consolidação da sétima arte no Brasil.

No mesmo ano, Othon integra o elenco da telenovela Império, da Rede Globo, escrita por Aguinaldo Silva, na qual interpreta Silviano.

Durante a novela, devido aos vários mistérios que envolviam o seu personagem, Othon Bastos ganhou grande destaque na trama, com uma atuação elogiada até mesmo pelo autor Aguinaldo Silva, vindo a se tornar um dos personagens centrais da novela após a revelação de segredos ligados ao seu passado.

Durante as comemorações dos 50 anos do filme Deus e o diabo na terra do sol no Parque Lage na zona sul do Rio de Janeiro em 16 de Agosto de 2014, Othon Bastos fora surpreendido quando soube da inclusão do seu nome no dossiê militar produzido pelo Serviço Nacional de Informações (SNI), no qual o ator foi mencionado como o preferido do cineasta Glauber Rocha e ainda citado por seu conhecido envolvimento político e ideológico.

Em 2015 Othon Bastos é um dos destaques da série Os Experientes da Rede Globo, sob a direção de Fernando Meirelles e Quico Meirelles.

Ainda em 2015 o ator é escalado para integrar o elenco da novela Além do Tempo de Elizabeth Jhin, substituta de Sete Vidas na faixa das 18 horas na Rede Globo, na qual interpreta o personagem Mestre, que tem o poder de ser a ponte entre os seres humanos e o mundo superior.

Em 2016 Othon Bastos está no elenco da novela Haja Coração da Rede Globo, na faixa das 19 horas. Na trama escrita por Daniel Ortiz o ator interpreta Pedro Bertolucci, um milionário falido que deixará na miséria a esposa, interpretada pela atriz Malu Mader.

Também em 2016 o ator é um dos homenageados do Programa Persona em Foco da TV Cultura e é o protagonista do filme Bodas de Alexia Maltner, ao lado da atriz Suzana Faini, que foi escolhido para ser exibido na mostra paralela do Festival de Cannes na França.

No mesmo ano Othon Bastos estrela os filmes Quando Sapos Caem do Céu e Self, e ainda é escalado para a série Carcereiros da Rede Globo na qual interpreta Tibério Araújo, um carcereiro aposentado que começa a apresentar sinais de senilidade e será pai de Adriano, personagem do ator Rodrigo Lombardi.

Othon Bastos também seguiu no elenco da série Carcereiros na segunda temporada que foi ao ar em 2019, formando par romântico com Samantha Schmutz.

Em 2017, Othon Bastos interpretou o ex-Presidente Tancredo Neves no filme O Paciente - O Caso Tancredo Neves, que estreou nos cinemas em 2018.

Em 2019, Othon Bastos que foi o protagonista da versão de Éramos Seis ao lado de Irene Ravache em 1994, é escalado para integrar o elenco do remake da novela, dessa vez na Rede Globo no horário das 18 horas, para interpretar o personagem "Padre Venâncio".

Além de seu trabalho como ator, Othon Bastos também atuou como locutor em muitos documentários e programas de televisão.

Data de Aniversário de Othon Bastos

Othon Bastos comemora seu aniversário todo dia 23 de Maio, e é do signo de Gêmeos.

Othon Bastos: Idade e Data de Nascimento

Othon Bastos nasceu em 1933, era Terça-feira. Hoje tem 88 anos de idade.

Altura de Othon Bastos

Ainda não temos informações sobre a altura de Othon Bastos. Se você sabe, ajude a gente enviando essa informação nos comentários ao final da página.

Características Físicas

Altura Não informado
Peso Não informado
Peso Ideal Não informado
Olhos Não informado
Tom da pele Não informado
Sexo / Gênero Masculino

Horóscopo e Signo de Othon Bastos

Othon Bastos é de Gêmeos ♊, um signo de Ar.

O nativo do signo de Gêmeos traz consigo algumas características que podem ou não ser vistas em Othon Bastos em diferentes graus de intensidade. Veja abaixo um pouco de cada uma dessas características.

Pontos fortes tornam Othon Bastos uma pessoa:

  • energética
  • inteligente
  • imaginativa
  • inteligente
  • adaptável

Fraquezas ou Pontos fracos tornam Othon Bastos uma pessoa:

  • superficial
  • impulsiva
  • inquieta
  • desonesta
  • indecisa

Também fazem aniversário no dia 23 de Maio

Adam Wylie Amy Correa Andre Boyer Cynthia Adler Eliot Schwartz Ernani Moraes Imani T. Williams John Ortiz Lane Garrison Lea DeLaria O-Lan Jones Patience Cleveland Pompeu José Reinhard Hauff Renata Augusto Rico Melquiades Sam Milby Sam Shamshak Sergio Mur Theofanis Gekas Tom Tykwer Úrsula Corona Zalman King

Outros famosos do signo de Gêmeos

A.J. Langer Acun Ilicali Adam Wylie Adriana Lima Adriano Carvalho Adrienne Barbeau Adrienne McQueen Agnès Soral Agnès Varda Al Ruscio Alain Resnais Alan Carr Alan White Alanis Morissette Alastair Campbell Alcione Mazzeo Alejandro Ruiz Alex Lacamoire Alex Sebastian Laibach Alexander Karim Alexandra Dowling Alexandra Richter Alexandra Stewart Alfred Molina Alida Valli Alix Talton Allan Fiterman Allison Schmitt Alonso Grandío Aly Raisman Amanda Curvelo Amanda Pays Amelia Warner Amora Mautner Amy Correa Ana Beatriz Barros Ana Rosa Andre Boyer André Gago André José Adler André Matarazzo Andrea Richa Andrew Bilgore Ángela Vergara Angelina Jolie Ângelo Antônio Ania Bukstein Anna Rita Cerqueira Annie Karstens Anthony Cistaro Anthony Starke António Pedro Cerdeira Antônio Petrin Antony Ponzini Antony Sher Aracy Cardoso Archie Shepp Arlene Phillips Arlete Salles Arturo Vidal Astrid Bergès-Frisbey Awkwafina Bahni Turpin Bárbara Evans Barbara Stock Bel Kutner Benedetta Porcaroli Bernard Cazeneuve
Ver todos

Comentários