Foto de Gugu Liberato

Gugu Liberato Masculino

Role a página para encontrar informações gerais como peso, altura e idade de Gugu Liberato, dentre outras.

Você também irá encontrar outras celebridades que fazem aniversário no mesmo dia, além de signo dos famosos e comentários da comunidade.

Vida pessoal de Gugu Liberato

Nascido em 10 de abril de 1959, Gugu era o filho mais jovem do caminhoneiro Augusto Claudino Liberato (1921-2009) e da vendedora de roupas Maria do Céu Morais (1929), ambos imigrantes portugueses do distrito de Bragança na região de Trás-os-Montes.

O apresentador cursou um ano de Odontologia na Universidade de Marília, mas desistiu a pedido de Silvio Santos, formando-se em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero, um curso cujas mensalidades foram pagas pelo próprio Silvio.

Em 10 de novembro de 2001, Gugu e a otorrinolaringologista Rose Mirian Souza Di Matteo tiveram um filho, João Augusto Liberato.

Rose foi assistente de palco do programa Viva a Noite entre 1983 e 1985 e teve romance com o apresentador em 1994, ambos optaram por não se casar.

No Brasil, ambos viviam em casas separadas. Em 25 de dezembro de 2003, o casal teve duas filhas gêmeas, Sofia e Marina.

Outros empreendimentos de Gugu Liberato

Em 1997, Gugu associou-se a empresários de Cuiabá, Mato Grosso, para formar uma rede de televisão, sediada naquela cidade.

De acordo com levantamento da repórter Elvira Lobato, da Folha de S.Paulo, o animador ficou com 49% das ações da Pantanal Som e Imagem.

O caso veio a público durante a campanha presidencial de 2002, quando Gugu apresentava o programa de TV do então candidato do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), José Serra.

A concessão do canal chegou a ser anulada pelo então ministro das Comunicações, Juarez Quadros. Mas, em fevereiro de 2007, após uma longa disputa judicial, Gugu conseguiu ter de volta a concessão da TV Pantanal.

Pelos planos do apresentador, a emissora se tornaria um canal de notícias, segundo os moldes da emissora americana Cable News Network (CNN).

Um mês após reaver a concessão da Pantanal Som e Imagem, Gugu fechou um acordo de cessão dos estúdios da produtora GGP para a produção paulista da programação da Rede JB (antiga CNT).

Também atuou no cinema, ao lado das apresentadoras infantis Xuxa e Angélica, do grupo Os Trapalhões e, na música, Gugu lançou vários LPs e CDs, incluindo um álbum de estúdio nomeado Gugu para Crianças, que já vendeu mais de 100 mil cópias no Brasil, e sendo premiado com disco de ouro pela ABPD.

Gugu recebeu onze estatuetas do Troféu Imprensa em 1982 como revelação do ano,[carece de fontes?] em 1992 e 1993 como melhor programa sertanejo, entre 1996 e 2001 e em 2003 como melhor animador e em 2009 por melhor programa de auditório.

Venceu também o Troféu Internet de programa de auditório em 2005. Gugu também lançou duas séries de revistas em quadrinhos.

Uma pela Editora Sequência e outra pela Abril Jovem, essa última leva foi entre 1988 e 1990, com vinte gibis e quatro almanaques.

Morte de Gugu Liberato

Em 20 de novembro de 2019, Gugu sofreu uma queda de uma altura de cerca de quatro metros do sótão de sua casa em Orlando, na Flórida, Estados Unidos, enquanto tentava trocar o filtro do seu ar-condicionado.

Foi internado no hospital Orlando Health em estado grave, em coma classificado como Glasgow 3, sendo diagnosticada a morte encefálica no dia 21 de novembro.

Inicialmente, a morte foi confirmada como tendo sido no dia 22 de novembro pelo neurocirurgião brasileiro Guilherme Lepski, chamado aos Estados Unidos pela família.

O médico confirmou que Gugu apresentava um quadro irreversível de morte cerebral, depois de avaliar as imagens dos exames. Um mês depois, foi divulgado o laudo pericial, cuja data considerada a oficial de sua morte é 21 de novembro de 2019.

Respeitando o desejo do apresentador, a família autorizou a doação de órgãos que, segundo os médicos, beneficiariam até cinquenta pessoas.

Depois dos trâmites legais para a liberação do corpo, este foi trasladado para o Brasil, chegando no aeroporto de Viracopos, em Campinas, no dia 28 de novembro.

De lá, seguiu em cortejo até a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), na região central da cidade, onde teve início o velório, aberto ao público.

No dia seguinte (29) pela manhã, o corpo de Gugu seguiu em cortejo em um caminhão do Corpo de Bombeiros, para ser enterrado no Cemitério Gethsêmani, na zona sul da capital paulista.

O governador de São Paulo, João Dória, decretou luto oficial de três dias. Gugu vivia com a médica Rose Miriam Di Matteo, com quem teve três filhos João Augusto e as gêmeas Sofia e Marina.

Legado de Gugu Liberato

Liberato se tornou um ícone da televisão brasileira no decorrer dos anos. O portal Correio do Povo escreveu que o Domingo Legal apresentado por Gugu, "marcou gerações com quadros emblemáticos e que A Banheira do Gugu também foi um marco e até hoje é lembrada pelos fãs da atração".

Fernando Morgado do Portal Comunique-se, escreveu que Gugu ampliou o espaço na TV para o jornalismo popular, ao trazer esse segmento para seu programa e que ao combinar jornalismo com entretenimento em um só programa, "Gugu Liberato instaurou o império daquilo que hoje se chama de infotainment.

Tal fórmula era exceção na TV quando o ‘Domingo Legal’ começou. Hoje é regra". A critica de televisão, Cristina Padiglione disse que "Gugu trazia para o seu auditório muitas ideias não exatamente inéditas na televisão, mas inéditas na TV brasileira" e que concorrência entre Faustão e Gugu nas tardes de domingo, "provou que cada um estava testando os limites do que era entretenimento para o público" e louvou o apresentador por sua "capacidade de persuadir o público a permanecer naquele canal, com suspenses que nem sempre eram tão extraordinários como ele anunciava".

Escrevendo para o portal UOL, a jornalista Beatriz Amendola observou sua contribuição para a popularização do gênero sertanejo no Brasil, o descrevendo como "Pai do Sertanejo Pop" comentando que "o sertanejo recebeu um impulso histórico do apresentador, que nos anos 1990 deu um palco importante para os principais representantes do gênero e assim se tornou o pai do sertanejo pop". Alguns artistas do segmento, reconheceram a importância do espaço cedido pelo apresentador para a popularização de suas obras.

A cantora Roberta Miranda disse que o apresentador foi "um visionário para o mundo sertanejo". Para ela, pelo espaço dado por Gugu aos artistas da música sertaneja, "todos nós [cantores] temos que reverenciar de joelho.

Devo muito a ele". O cantor Zezé Di Camargo, que faz dupla com Luciano disse que o Viva a Noite foi o primeiro programa que ele e o irmão participaram.

Ainda lembrou uma vez que eles se apresentaram ao lado dos amigos, Chitãozinho e Xororó e Leandro e Leonardo foi durante uma edição do programa, que posteriormente resultou na formação do projeto Amigos, criado pelas duplas após este acontecimento.

Felipe Branco Luiz do site Rolling Stone Country, escreveu que "hoje, se o sertanejo ainda permanece altamente popular no Brasil, revelando inúmeros talentos, certamente boa parte desse sucesso deve-se a Gugu Liberato".

Liberato foi creditado por renovar o comando e a audiência dos programas de auditório da televisão brasileira. O critico Mauricio Stycer do UOL escreveu que, ajudando a criar um jeito novo e bem brasileiro de fazer televisão; "O auge de Gugu Liberato como apresentador coincide com um período, entre os anos 1980 e meados da primeira década do século 21, em que os programas de auditório eram o principal local de lazer, a praça, do brasileiro".

Ann Powers, do El País, se referiu a Liberato como o "apresentador que mudou a TV nos anos 90". Fabio Marckezini, do portal TV História, declarou que "Gugu trouxe aos domingos um jeito diferente de fazer programa de auditório: informação, diversão, tudo muito rápido e, às vezes, caótico.

Ele revolucionou o modo de se fazer um programa ao vivo, e isso o levou a desbancar a Globo na audiência".

Data de Aniversário de Gugu Liberato

Gugu Liberato comemora seu aniversário todo dia 10 de Abril, e é do signo de Áries.

Gugu Liberato: Idade e Data de Nascimento

Gugu Liberato, cujo nome de batismo é Antônio Augusto Moraes Liberato, nasceu em 1959, era Sexta-feira.

Altura de Gugu Liberato

De acordo com as informações que recebemos, Gugu Liberato tem 1.73 m de altura. Gugu Liberato é considerado uma pessoa de estatura média.

Gugu Liberato morreu?

Domingo, dia 22 de Abril de 2019 foi o dia da morte de Gugu Liberato, que faleceu aos 60 anos de idade.

Características Físicas

Altura 1.73 m
Peso 68 kg
Peso Ideal 67.3 kg
IMC 22.72% (Peso normal) *
Olhos Castanhos
Tom da pele Branca
Sexo / Gênero Masculino

* O IMC serve apenas como base e não se aplica de forma fidedigna a idosos, crianças, adolescentes ou praticantes de musculação.

Também fazem aniversário no dia 10 de Abril

Outros famosos do signo de Áries

Ver todos

Comentários