Foto de Dráuzio Varella

Dráuzio Varella Masculino

Role a página para encontrar informações gerais como peso, altura e idade de Dráuzio Varella, dentre outras.

Você também irá encontrar outras celebridades que fazem aniversário no mesmo dia, além de signo dos famosos e comentários da comunidade.

Carreira médica de Dráuzio Varella

Drauzio estudou medicina na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. No início dos anos 70, já como médico, ele começou a trabalhar com o professor Vicente Amato Neto na área de moléstias infecciosas do Hospital do Servidor Público de São Paulo.

Durante 20 anos, dirigiu também o serviço de imunologia do Hospital do Câncer (São Paulo) e, de 1990 a 1992, o serviço de câncer do Hospital do Ipiranga.

Foi professor em várias faculdades do Brasil e em instituições em outros países, como o Memorial Hospital de Nova Iorque, a Cleveland Clinic (também nos Estados Unidos), o Instituto Karolinska de Estocolmo, a Universidade de Hiroshima e o National Cancer Institute, em Tóquio.

Além do câncer, Drauzio Varella também estuda a AIDS e já estudou o sarcoma de Kaposi. Em 1989, iniciou um trabalho no presídio do Carandiru investigando a prevalência do vírus HIV nos detentos.

Até 2002, ano em que o presídio foi desativado, trabalhou como médico voluntário no local. Varella chegou a idealizar uma revista em quadrinhos, O Vira-Lata, como parte do plano de prevenção da AIDS na cadeia.

Atualmente, apoiado pela Universidade Paulista e pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), dirige no Rio Negro um projeto de bioprospecção de plantas brasileiras, buscando obter extratos para testar experimentalmente no combate ao câncer e a bactérias resistentes a antibióticos.

Carreira como comunicador de Dráuzio Varella

Em 1986, sob orientação do radialista Fernando Vieira de Mello, iniciou campanhas nas rádios com o intuito de esclarecer a população sobre a AIDS e métodos de prevenção.

Com esse projeto, Varella trabalhou na Jovem Pan 2 FM e depois na 89 FM de São Paulo. Também apresentou por alguns anos, diariamente na Rádio Bandeirantes de São Paulo o "Espaço Saúde", em que descreve doenças, seus sintomas e, principalmente, formas de prevenção.[carece de fontes?]Na televisão, seu trabalho mais conhecido é o na Rede Globo, onde apresenta diversos quadros na área de saúde no programa Fantástico, falando sobre o corpo humano, o tabagismo, primeiros socorros, gravidez, obesidade e transplante de órgãos.

Além da Rede Globo, ele trabalha ainda em outras emissoras, como o Canal Universitário e a TV Senado, nos quais entrevista especialistas e discute assuntos de saúde em diversas áreas.

Na internet, Drauzio faz grande sucesso com seu canal no YouTube, abordando temas atuais tanto na área da saúde como no aspecto social.

Em agosto de 2021, foi lançado no Brasil o documentário Encarcerados que é um complemento as audiovisuais do Dr. Drauzio Varella.

Carreira como escritor de Dráuzio Varella

Além das campanhas de prevenção, Drauzio Varella também é um escritor de ficção e não ficção. Lançado em 1999, o livro Estação Carandiru, que conta sobre seu trabalho com os presidiários do Carandiru, virou best-seller e recebeu o Prêmio Jabuti na categoria "não-ficção" na edição do ano 2000.

Em 2003, a obra ganhou as telas do cinema num filme do diretor Hector Babenco, com Rodrigo Santoro como protagonista.

Seu outro livro, Nas ruas do Brás, foi premiado na Feira Internacional do Livro de Bolonha, na Itália e também na Bienal do Livro do Rio de Janeiro, em 2001, na categoria "revelação de autor de literatura infantil".

Já Florestas do Rio Negro foi indicado ao Prêmio Jabuti em 2002.[carece de fontes?]Em 2012 lançou o livro Carcereiros, que conta seus relatos trabalhando como médico voluntário no Carandiru.[carece de fontes?]Em 2015 lançou Correr - o exercício, a cidade e o desafio da maratona, também pela Companhia das Letras, traz informações médicas e sua experiência em maratonas, tendo decidido começar a treinar para a Maratona de Nova York.

Drauzio pratica a modalidade há mais de 20 anos, e mesmo que não considere um prazer, afirma que é a atividade é uma necessidade para manter a saúde.

Em 2017 lançou o livro Prisioneiras, publicado pela Companhia das Letras, que conta seus relatos e conclusões trabalhando como médico voluntário na Penitenciária Feminina da Capital, em São Paulo.

Publicações selecionadas de Dráuzio Varella

A AIDS hoje, em três volumes, com colaboração de Antonio Fernando Varella e Narciso Estareira Estação Carandiru, Companhia das Letras Macacos, Publifolha (coleção "Folha Explica") Nas ruas do Brás, Companhia das Letras (literatura infantil) De braços para o alto, Companhia das Letras (literatura infantil) Florestas do Rio Negro, sob a editoria científica de Alexandre Adalardo de Oliveira e Douglas C. Daly Maré - vida na favela, Casa das Palavras (coautoria de Paola Berenstein e Ivaldo Bertazzo) Por um fio, Companhia das Letras Borboletas da Alma - Escritos sobre ciência e saúde, Companhia das Letras O Médico Doente, Companhia das Letras Carcereiros, Companhia das Letras Correr, Companhia das Letras Prisioneiras, Companhia das Letras.

Data de Aniversário de Dráuzio Varella

Dráuzio Varella comemora seu aniversário todo dia 01 de Janeiro, e é do signo de Capricórnio.

Dráuzio Varella: Idade e Data de Nascimento

Dráuzio Varella nasceu em 1943, era Sexta-feira. Hoje tem 78 anos de idade.

Altura de Dráuzio Varella

De acordo com as informações que recebemos, Dráuzio Varella tem 1.85 m de altura. Dráuzio Varella é considerado uma pessoa de estatura alta.

Características Físicas

Altura 1.85 m
Peso Não informado
Peso Ideal 76.3 kg
Olhos Castanhos
Tom da pele Branca
Sexo / Gênero Masculino

Também fazem aniversário no dia 01 de Janeiro

Outros famosos do signo de Capricórnio

Ver todos

Comentários