Quem é Datena? Idade, Signo, Altura e Peso em 2022

Role a página para encontrar informações gerais como peso, altura e idade de Datena, dentre outras.

Você também irá encontrar outras celebridades que fazem aniversário no mesmo dia, além de signo dos famosos e comentários da comunidade.

Datena: Nome verdadeiro, altura, idade e datas de aniversário e nascimento

Datena é do genero Masculino.

Datena, cujo nome de batismo é José Luiz Datena, nasceu em 1957, era Domingo. Hoje tem 65 anos de idade.

Datena comemora seu aniversário todo dia 19 de Maio, e é do signo de Touro.

De acordo com as informações que recebemos, Datena tem 1.83 m de altura. Datena é considerado uma pessoa de estatura alta.

Horóscopo e Signo de Datena

Datena é de Touro ♉, um signo de Terra.

O nativo do signo de Touro traz consigo algumas características que podem ou não ser vistas em Datena em diferentes graus de intensidade. Veja abaixo um pouco de cada uma dessas características.

Pontos fortes tornam Datena uma pessoa:

  • confiável
  • persistente
  • leal
  • paciente
  • generosa

Fraquezas ou Pontos fracos tornam Datena uma pessoa:

  • teimosa
  • preguiçosa
  • possessiva
  • materialista
  • auto-indulgente

Outros famosos do signo de Touro

Abel Roland Ace Frehley Adam Johnson Adam Lallana Adolf Hitler Agildo Ribeiro Agnaldo Rayol Agostinho dos Santos Aidan Gillen Aidy Bryant Akiko Yajima Al Pacino Al White Álamo Facó Alan Bennett Alanis Guillen Alberto Ajaka Alejandro Edda Alessandra Maestrini Alessio Praticò Alex Lawther Alexander Allerson Alfredo Murphy Alice Faye Alison Goldfrapp Allan Wasserman Allie Haze Amanda Curvelo Amber Heard Amira Casar Amos Oz Amy Hill Ana Ariel Ana Claudia Talancón Ana de Armas Ana Gasteyer Ana Lucia Torre Anabela Teixeira Anahí André Abujamra André De Toth André Franco André Nunes Andrea Anders Andrea Bruschi Andrea Pirlo Andrés Iniesta Andy Murray Andy Serkis Anita Kupsch Anna Mouglalis Anna Muylaert Anne Dudley Anselmo Duarte Anselmo Martini Anthony Quinn Anthony Reynolds Antonio Mayans April McCullough Aretha Arturo de Córdova Aurélien Recoing Aurora Miranda Barbara Cabrita Bárbara Lennie Bebel Gilberto Beeban Kidron Belo

Ver todos

Perguntas Frequentes sobre Datena

Conheça abaixo algumas das perguntas mais frequentes sobre Datena.

Qual é a idade de Datena?
65 anos (19/05/1957)
Qual é a altura de Datena?
1.83 m
Qual é o peso ideal de Datena?
74.75 kg
Em que ano nasceu Datena?
1957
Qual é o signo de Datena?
Touro

Carreira de Datena

O primeiro trabalho de José Luiz Datena foi em uma rádio de sua cidade natal. Ele era repórter do programa Plantão Esportivo, no qual também exercia a função de locutor.

Ainda em Ribeirão Preto, Datena trocou o rádio pela televisão. Além das reportagens esportivas, passou a cobrir outros temas. Foi justamente uma reportagem em que ele fez para a TV Ribeirão sobre um lixão da cidade que lhe rendeu o primeiro de dois prêmios Vladimir Herzog.

Foi demitido da Rede Globo em 1989, depois de ter subido no palanque do candidato a presidente Lula na Eleição presidencial daquele ano.

A convite do narrador Luciano do Valle, estreou na Rede Bandeirantes como jornalista esportivo, onde atuou como repórter e locutor, participando da cobertura dos principais eventos esportivos no Brasil e no exterior.

Aliás, foi nessa época que ele criou o acrônimo que a emissora de João Jorge Saad mantém até hoje: "Band".

Em 1996, entrou para a equipe de esportes da Rede Record. Na emissora, o já consagrado repórter esportivo ganhou mais notoriedade comandando o programa policial Cidade Alerta.

Depois de uma brevíssima passagem pela Rede TV! em 2002, apresentando o Repórter Cidadão também policial, volta para a Record e em seguida, vai para a Bandeirantes, apresentando o Brasil Urgente (semelhante ao "Cidade Alerta") e o No Coração do Brasil, no qual viaja para vários lugares do país apresentando aspectos pitorescos do país, formato já exaustivamente utilizado desde os tempos do jornalista Amaral Netto.

Datena apresentou o Brasil Urgente e o telejornal local São Paulo Acontece, na Bandeirantes, além do programa Manhã Bandeirantes, na Rádio Bandeirantes.

O jornalista também foi condenado a pagar 60 mil reais em um processo movido por um juiz em virtude de danos morais.

Vida pessoal de Datena

Natural de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, Datena é filho de Vicente Datena e Iracy Callegaris. É casado com a mesma esposa há mais de três décadas e tem cinco filhos, dos quais, dois são frutos de um relacionamento extraconjugal, durante um período de três anos em que esteve separado da mulher (um dos filhos desse período é a modelo Letícia Wiermann).

O jornalista teve alguns problemas de saúde ao longo da vida, parte em razão da ingestão imoderada de álcool na juventude.

Retirou metade do pâncreas e extraiu o baço, além de ainda ter feito uma cirurgia na garganta. O apresentador convive ainda com a diabetes, o que o tornou dependente de ingestões de insulina.

Controvérsias de Datena

Transmissão do Festival de ParintinsEm 2008, em vídeo gravado durante a transmissão do Festival de Parintins, Datena criticou o apresentador do festival, juntamente com Patrícia Maldonado.

Os dois abusaram de ironia e linguagem explícita. Datena ainda fez um comentário xenófobo, ao dizer "Vamos fazer o movimento da 'parintinada'.

Amazonas independente do Brasil em nível nacional". A Band e os apresentadores afirmaram, em nota, que as frases foram tiradas de contexto e que eram comentários em off, não interferindo na transmissão veiculada em rede nacional.

Polêmica com os ateusNa edição do programa Brasil Urgente exibida em 27 de julho de 2010, Datena, após comentar dois casos extremos de assassinatos brutais mostrados anteriormente, fez associações consideradas preconceituosas entre criminalidade e descrença religiosa, acusando os que não acreditam em Deus como responsáveis pela degradação da sociedade.

No começo de dezembro o Ministério Público Federal em São Paulo moveu ação em tribunal pedindo uma retratação com duração mínima do dobro do tempo dos comentários.

A justiça condenou a Band em 31 de janeiro de 2013 a promover uma campanha a favor da diversidade religiosa com a mesma duração que teve o comentário do apresentador, ou seja, 50 minutos.

A emissora pode recorrer da sentença. Ameaça de morte e suposta pressão de Gilberto KassabDe acordo com o colunista Alberto Pereira Jr, do site F5, às 9h55 da manhã de terça-feira 15 de maio de 2012, o Disque Denúncia havia recebido uma ligação afirmando que Datena seria assassinado no número 13 da rua Radiantes, localizado no Jardim Leonor, em São Paulo.

O Departamento de Inteligência da Polícia Civil (Dipol) recebeu a informação às 11h37. Não é a primeira vez que o apresentador do jornalístico Brasil Urgente sofre ameaças de criminosos.

Em 28 de março, a polícia conseguiu interceptar um plano de sequestro, que ocorreria na rodovia Castelo Branco, em São Paulo, onde ele costuma transitar.

"Nesta quarta-feira a polícia entrou em contato comigo para avisar que um grupo criminoso me seqüestraria hoje, às 21h, em um ponto em que eu passo sempre com meu carro", havia declarado Datena, ao vivo durante o seu programa na TV.

Na rádio, o jornalista ameaçou pedir as contas por não aguentar mais ser pressionado pelo então prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, por causa da repercussão que o apresentador estaria dando em seu programa sobre a denúncia de que o ex-assessor do prefeito, Hussain Aref Saab, teria acumulado aproximadamente R$ 50 milhões em imóveis durante a última década.

Aref era chefe do Departamento de Aprovação de Obras. No dia 28 de fevereiro, após Datena se irritar e abandonar o seu programa ao vivo na rádio, ele afirmou à coluna do F5 que poderia se aposentar do veículo.

Eleições 2018Era pré-candidato ao Senado de São Paulo, pelo Democratas nas eleições de 2018. Em 28 de junho de 2018,foi lançada a pré-candidatura ao lado do pré-candidato ao Governo de São Paulo João Doria.

No dia 9 de julho de 2018, voltou a apresentar o programa Brasil Urgente na Band e anunciou oficialmente sua desistência da candidatura ao Senado alegando que ainda não está preparado para a política brasileira.

Processo por assédioEm janeiro de 2019, Datena foi alvo de um processo por assédio sexual movido pela jornalista Bruna Drews, repórter do Brasil Urgente e integrante do já extinto Agora é com Datena.

Segundo Bruna, em 7 de junho do ano anterior, na comemoração do encerramento das gravações do quadro A Fuga, do qual ela fazia parte, em um bar de São Paulo, Datena teria dito que que achava "um desperdício" a colega de trabalho se relacionar com outras mulheres, além de usar de palavras de baixo calão para expressar atração física por ela, a deixando muito constrangida segundo a jornalista.

Datena nega que tivesse iniciado conversas de cunho sexual com Bruna, o apresentador frisou que é casado, tem cinco filhos e seis netos e apenas elogiava a repórter durante o Brasil Urgente por sua "beleza e competência acima de tudo".

Entrevista com Bolsonaro e notícia falsaNo dia 15 de janeiro de 2021, com o agravamento da pandemia de COVID-19 em Manaus, Datena concedeu espaço em seu programa de televisão ao presidente Jair Bolsonaro.

O presidente repetiu diversas vezes que o STF o impediu de combater a pandemia de COVID-19, o que é mentira.

Devido a repercussão das declarações, o próprio STF desmentiu o presidente em uma nota. Segundo o levantamento do Aos Fatos, a notícia falsa de Bolsonaro reproduzida no programa foi posteriormente disseminada em redes sociais por dois deputados para tentar tirar a culpa do presidente Jair Bolsonaro pela situação de Manaus e transferir para o STF.

São eles: Bibo Nunes (PSL-RS) e Marco Feliciano (Republicanos-SP). Caso "Monstro da Mamadeira"Datena foi o responsável por apelidar Daniele Toledo de "Monstro da Mamadeira" na época que ela foi acusada de matar a própria filha usando cocaína.

Daniele ficou presa por 37 dias e foi espancada pelas detentas por várias horas. Mais tarde, foi comprovado que as acusações eram falsas.

No lançamento do seu livro em 2016 Daniele Toledo declarou: "Foi o Datena que me apelidou desse jeito. Não tenho raiva dele, nem ódio, mas mágoa sempre fica.

Até agora não chegou nenhum pedido de retratação da parte dele. Nem da polícia, nem dos médicos, da mídia. Se o Datena não tivesse colocado esse apelido, talvez o caso não ficasse tão emblemático, e eu não sofreria tanto.".

Vida partidária de Datena

O apresentador foi filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT) por 23 anos, se filiou em 1992 em Ribeirão Preto e pediu em 2015 sua desfiliação por telefone.

No mesmo ano filia-se ao Progressistas (PP) onde permaneceu até 2017. Novamente em 2017, Datena migra para um novo partido: o Partido Republicano Progressista (PRP).

Em 2018 decidiu se filiar ao Democratas (DEM). Em 2020, mudou-se novamente de partido, dessa vez foi para o Movimento Democrático Brasileiro (MDB).

Em 2021, Datena novamente anuncia uma mudança de partido, se filiou ao Partido Social Liberal (PSL) visando as eleições de 2022.

Em novembro de 2021, Datena anunciou sua saída do PSL, indo para o Partido Social Democrático (PSD). Em março de 2022, o presidente do Partido Democrático Trabalhista (PDT), Carlos Lupi, convida o apresentar a filiar-se ao partido, oferecendo a possibilidade de compor a chapa presidenciável como vice de Ciro Gomes ou a concorrer ao Senado ou ao Governo do Estado de São Paulo.

Fonte: Datena na Wikipedia