Quem é Beyoncé? Idade, Signo, Altura e Peso em 2022

Role a página para encontrar informações gerais como peso, altura e idade de Beyoncé, dentre outras.

Você também irá encontrar outras celebridades que fazem aniversário no mesmo dia, além de signo dos famosos e comentários da comunidade.

Beyoncé: Nome verdadeiro, altura, idade e datas de aniversário e nascimento

Beyoncé é do genero Feminino.

Beyoncé nasceu em 1981, era Sexta-feira. Hoje tem 40 anos de idade.

Beyoncé comemora seu aniversário todo dia 04 de Setembro, e é do signo de Virgem.

Horóscopo e Signo de Beyoncé

Beyoncé é de Virgem ♍, um signo de Terra.

O nativo do signo de Virgem traz consigo algumas características que podem ou não ser vistas em Beyoncé em diferentes graus de intensidade. Veja abaixo um pouco de cada uma dessas características.

Pontos fortes tornam Beyoncé uma pessoa:

  • analítica
  • observadora
  • útil
  • confiável
  • precisa

Fraquezas ou Pontos fracos tornam Beyoncé uma pessoa:

  • cética
  • exigente
  • inflexível
  • fria
  • que gosta de interferir

Outros famosos do signo de Virgem

2 Chainz A.J. Castro Aamir Ali Acelino Popó Freitas Adam Sandler Adam Sopp Adrian Bustamante Ahd Tamimi Ahna O'Reilly Ai Weiwei Ailton Graça Al Jardine Alberto Podestá Alejandro Goic Alessandra Negrini Alessandro Piavani Alex Hassell Alex Lifeson Alex Song Alexander Mackendrick Alexander Skarsgård Alexandre Rodrigues Alexis Raben Alfie Allen Alfonso Herrera Aline Dias Aline Mineiro Alison Steadman Allan Havey Alok Álvaro Cervantes Alyssa Diaz Amanda de Godoi Amanda Ooms Amparo Grisales Amy Irving Amy Macdonald Ana Carolina Ana Nave Andréa Beltrão Andrea Bocelli Andrea Frigerio Andreas Kisser Andrei Claude Andrew Rannells Angela Gheorghiu Ângelo Rodrigues Ann Talman Anne Archer Anne Jackson Anne Ramsay Annette Badland Anthony Chau-Sang Wong Anthony Hayes Antonio Carrizo Antony Gormley Arlindo Cruz Armie Hammer Arnaldo Antunes Arturo Maly Ashley Roberts Augustus Prew Bashar al-Assad Bebe Rexha Ben Carson Ben Gazzara Bernabé Rico Bernardo Badillo

Ver todos

Perguntas Frequentes sobre Beyoncé

Conheça abaixo algumas das perguntas mais frequentes sobre Beyoncé.

Qual é a idade de Beyoncé?
40 anos (04/09/1981)
Em que ano nasceu Beyoncé?
1981
Qual é o signo de Beyoncé?
Virgem

Trabalhos como atriz de Beyoncé

Beyoncé iniciou sua carreira como atriz em 2001. Seu primeiro trabalho como atriz foi no filme Carmen: A Hip Hopera, interpretando Carmen Brown, uma aspirante a atriz com grandes sonhos que se apaixona por um sargento chamado Derek Hill, que é interpretado pelo ator Mekhi Phifer.

Esse filme foi produzido pela MTV e foi lançado apenas na televisão. Em 2002 ela atuou no filme Austin Powers in Goldmember interpretando Foxxy Cleópatra.

Beyoncé co-estrelou o filme com o ator Mike Myers e gravou as músicas "Work It Out" e "Hey Goldmember", para a trilha sonora.

Na semana que o filme foi lançado ele arrecadou 73,1 milhões dólares. Em 2003 ela interpretou Lilly, uma cantora de jazz que vive um romance com Darrin Hill, um executivo desempregado, que é interpretado pelo ator Cuba Gooding Jr. no filme The Fighting Temptations.

A maioria das músicas que estão na trilha sonora são cantadas pelo próprio elenco do filme. Em 2006 ela atuou no filme A Pantera Cor-de-Rosa interpretando Xania, uma pop star internacional.

O filme estreou em primeiro lugar nas bilheterias arrecadando 21,7 milhões dólares na semana de seu lançamento. Beyoncé gravou as músicas "Check on It" e "A Woman Like Me", mas não foram incluídas na trilha sonora oficial do filme.

No mesmo ano ela interpretou Deena Jones, uma personagem inspirada em Diana Ross, no filme Dreamgirls. Sua atuação no filme lhe rendeu duas indicações ao Globo de Ouro nas categorias Melhor atriz em um filme, comédia ou musical e Melhor canção original para música "Listen".

Em 2008 ela interpretou a cantora Etta James no filme Cadillac Records. Beyoncé regravou várias música para a trilha sonora do filme, incluído a música "At Last".

Em 2009 ela atuou em Obsessed interpretando Sharon Charles, mãe de um filho chamado Kyle Charles e esposa do bem sucedido consultor financeiro Derek Charles.

Em 2011 Beyoncé confirmou que irá participar do remake de A Star Is Born, longa de Clint Eastwood, no papel principal.

Na entrevista feita pela Billboard Magazine, a cantora fez questão de dizer que está realizando um sonho..

Prêmios e indicações de Beyoncé

Em 2003, Beyoncé lançou seu primeiro álbum de estúdio em carreira solo, Dangerously in Love. No ano seguinte o álbum foi premiado no Soul Train Music Awards na categoria Best R&B/Soul Album - Female.

O primeiro single do álbum, "Crazy in Love", venceu algumas categorias em diversos prêmios, se destacando no Grammy Awards de 2004 por vencer duas das três categorias em que estava concorrendo.

O videoclipe da música foi indicado a quatro categorias no MTV Video Music Awards de 2003, vencendo as categorias Melhor Clipe Feminino, Melhor Vídeo Musical de R&B e Melhor Coreografia num Clipe.

Em 2006, ela lançou seu segundo álbum de estúdio, B'Day. O álbum venceu a categoria Melhor Álbum R&B Contemporâneo no Grammy Awards e a categoria Álbum do Ano no Premios Oye.

O videoclipe de "Irreplaceable" foi premiado no BET Awards na categoria Clipe do Ano. Tanto a música quanto o videoclipe de "Irreplaceable" receberam algumas indicações em algumas premiações como Grammy Awards, Teen Choice Awards, Soul Train Music Awards entre outras premiações musicais.

Seu terceiro álbum, I Am... Sasha Fierce, foi lançado em 2008. Um ano mais tarde ele venceu a categoria Álbum do Ano no Soul Train Music Awards.

"Single Ladies (Put A Ring On It)" foi uma das músicas do seu terceiro álbum que mais se destacou nas premiações musicais.

No BET Awards venceu a categoria Clipe do Ano; no Grammy Awards a música venceu três categorias; no MTV Video Music Awards de 2009 o videoclipe da música recebeu nove indicações; mas venceu apenas três categorias Clipe do Ano, Melhor Coreografia e Melhor Edição.

A revista Billboard elegeu Beyoncé como a mulher do ano em 2009. Em 2010, ela e o ator Robbie Williams receberam o prêmio NRJ Award of Honor no NRJ Music Awards.

No mesmo ano ela tornou-se a artista feminina que mais foi premiada em apenas uma edição do Grammy Awards, por vencer seis das dez categorias em que estava concorrendo.

Sua parceria com a cantora Lady Gaga na música "Telephone" venceu a categoria Melhor Colaboração num Clipe no MTV Video Music Awards de 2010.

Em 2011 no Billboard Music Awards, Beyoncé foi homenageada com o prêmio Billboard Millennium, para reconhecer as realizações de sua carreira e influência na indústria da música.

No mesmo ano, o perfume Heat foi premiado no Cosmetic Norwegian Award e no Dutch Drugstore Award. O videoclipe da música "Run the World (Girls)" vence a categoria Best Choreography no MTV Video Music Awards de 2011.

Em 24 de agosto de 2014, Beyoncé recebeu o troféu Michael Jackson Video Vanguard Award dado por seu marido Jay-Z e a filha Blue Ivy Carter após seu desempenho de 15 minutos de várias músicas do seu novo e quinto álbum.

Imagem pública de Beyoncé

Beyoncé tem muitas estátuas de cera diferentes, incluído uma no museu Madame Tussauds. Tina Knowles lançou em 2002 um livro intitulado Destiny's Style: Bootylicious Fashion, Beauty and Lifestyle Secrets From Destiny's Child.

O livro descreve como o sucesso atingiu o Destiny's Child. Em 2007 ela se destacou como capa da revista Sports Illustrated Swimsuit Issue, se tornando a primeira mulher não-modelo e não-atleta e a segunda afro-americana depois da modelo Tyra Banks a estampar a capa da revista.

No mesmo ano, uma imagem de Beyoncé segurando um longo cigarro foi exposta nos outdoors e jornais dos Estados Unidos, para fazer a divulgação do seu álbum B'Day.

A imagem não agradou a um grupo de antitabagismo que declarou que ela não precisa adicionar o suporte de cigarro para parecer uma pessoa mais sofisticada.

Por ser uma das celebridades negras mais expostas a mídia nos Estados Unidos, Beyoncé tem recebido muitas vezes críticas devido ao racismo e ao sexismo.

Ela já processou a empresa L'Oréal por ter alterado o seu tom de pele digitalmente em uma de suas propagandas.

A empresa negou ter alterado os traços ou o tom de pele de Beyoncé na propaganda do produto. A revista Vanity Fair também foi acusada de alterar o tom de sua pele digitalmente, mas nada foi confirmado pela revista.

No dia 24 de abril de 2009 Beyoncé apareceu no programa de televisão Larry King Live, com uma imagem mais política e conservadora sobre tudo, desde cantar na inauguração do presidente Barack Obama, ao racismo que ela enfrentou por ser um afro-americano.

Durante a entrevista ela afirmou que cantar para o presidente no baile de posse foi o destaque de sua carreira.

A revista People elegeu Beyoncé como a artista mais bem vestida de 2007. Para a revista Rolling Stone, depois do lançamento do álbum Dangerously in Love, ela se tornou um símbolo sexual, semelhante a mulheres como a atriz Halle Berry.

No World Music Awards de 2008, Beyoncé foi homenageada com um prêmio pela sua contribuição excepcional para as artes. O Salão da Fama e Museu do Rock and Roll colocou o álbum Dangerously in Love na lista dos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame.

Influência de Beyoncé

No The New Yorker, a crítica musical Jody Rosen descreveu Beyoncé como "o músico popular mais importante e convincente do século XXI ..... o resultado, o ponto final lógico, de um século a mais do pop". Quando o The Observer a nomeou artista da década, Llewyn-Smith escreveu: Em 2013 Beyoncé culminou a lista Time 100, com Baz Luhrmann escrevendo: Em 2014 Beyoncé foi listada novamente na Time e também apareceu na capa da edição.

O trabalho de Beyoncé influenciou inúmeros artistas, incluindo Britney Spears, Adele, Ariana Grande, Lady Gaga, Ellie Goulding, Rihanna, Kelly Rowland, Sam Smith, Nicole Scherzinger, Jessica Sanchez, Cheryl, JoJo, Meghan Trainor, Grimes, Rita Ora, Zendaya, Alexis Jordan, Bridgit Mendler, e Azealia Banks.

A banda de indie rock americano White Rabbits também citou sua inspiração para seu terceiro álbum Milk Famous (2012), a amiga Gwyneth Paltrow estudou Beyoncé em seus shows ao vivo enquanto aprende a se tornar um artista musical para o filme Country Strong de 2010. Sheldon Pearce, da Pitchfork, notou sua contribuição em mudar o som da rádio pop music com seu estilo hip-hop assistido, escrevendo:Sua fluência no hip-hop deu-lhe uma vantagem na corrida armamentista da pop star, ajudando-a a se tornar a voz que preside em uma paisagem musical cada vez mais dominada pelo rap.

Sua evolução, da estrela de R&B adjacente ao rap (aparecendo em 1998 em um vídeo de Geto Boys) a um relutante acionista de hip-hop a um rapper, desempenhou um papel em mudar lentamente o som da rádio pop. Seu single de estreia, "Crazy in Love" foi nomeado o "melhor canção da década de 2000" pelo VH1, pelo NME como "Melhor Trilha dos anos 00s" e "Canção Pop do Século", considerada pela Rolling Stone é uma das 500 melhores músicas de todos os tempos, ganhando dois prêmios Grammy e é um dos singles mais vendidos de todos os tempos, com cerca de 8 milhões de cópias.

O videoclipe de "Single Ladies (Put a Ring on It)", que alcançou a fama por sua intrincada coreografia e sua implantação de mãos de jazz, foi creditado pelo Toronto Starcomo tendo começado a "primeira grande mania de dança do novo milênio e da Internet", provocando uma série de paródias da coreografia de dança e uma legião de imitadores amadores no YouTube.

Em 2013, Drake lançou um single intitulado "Girls Love Beyoncé", que contou com uma interpolação de "Say My Name" do Destiny Child e discutiu seu relacionamento com as mulheres.

Em janeiro de 2012, o cientista Bryan Lessard deu o nome à espécie Scaptia beyonceae, uma espécie de mosca-cavalo encontrada no norte de Queensland, na Austrália, inspirado por Beyoncé, devido aos pelos dourados da mosca em seu abdômen.

Em julho de 2014, uma exposição de Beyoncé foi introduzida na seção "Legends of Rock" do Rock and Roll Hall of Fame.

O collant preto do vídeo "Single Ladies" e sua roupa da performance no intervalo do Super Bowl estão entre as várias peças guardadas no museu.

Arquitetos creditam a aparência de Beyoncé em seu videoclipe de "Ghost" como inspiração para o design da Premier Tower em construção na Austrália.

Discografia de Beyoncé

Dangerously in Love (2003) B'Day (2006) I Am... Sasha Fierce (2008) 4 (2011) Beyoncé (2013) Lemonade (2016) Everything Is Love (com Jay-Z) (2018) Renaissance (2022).

Filmografia de Beyoncé

Carmen: A Hip Hopera (2001) Austin Powers in Goldmember (2002) The Fighting Temptations (2003) The Pink Panther (2006) Dreamgirls (2006) Cadillac Records (2008) Wow!

Wow! Wubbzy!: Wubb Idol (2009) Obsessed (2009) Life Is But a Dream (2013) Epic (2013) The Lion King (2019).

Fonte: Beyoncé na Wikipedia