Foto de Arnaldo Antunes

Arnaldo Antunes

Role a página para encontrar informações gerais como peso, altura e idade de Arnaldo Antunes, dentre outras.

Você também irá encontrar outras celebridades que fazem aniversário no mesmo dia, além de signo dos famosos e comentários da comunidade.

Biografia de Arnaldo Antunes

Nasceu em 1960, o quarto de sete filhos. Em 1978 ingressou na FFLCH da USP, onde seguiria o curso de Linguística, mas abandonou o projeto devido ao sucesso dos Titãs.

Em novembro de 1985, foi preso por tráfico de heroína após a polícia encontrar 128mg da droga em seu apartamento em São Paulo.

As autoridades chegaram ao local após prenderem seu colega de banda Tony Bellotto, que foi flagrado com 30mg num táxi após sair da casa de Arnaldo.

Devido à quantidade de que Arnaldo dispunha, ele foi autuado como traficante, enquanto que o colega respondeu apenas por porte.

Na delegacia, ficou preso em uma cela individual, após o delegado julgar imprudente colocá-lo em uma outra cela com 90 assaltantes perigosos.

Permaneceu durante dez anos na banda, desligando-se em 1992 por divergir dos rumos musicais dele. O desligamento foi oficializado em 15 de dezembro de 1992.

Apesar de sua saída, Arnaldo continuou compondo com os demais integrantes do grupo e várias dessas parcerias foram incluídas em discos dos Titãs, assim como em seus discos solo.

Em 1997, fez participação especial no álbum Acústico MTV, dos Titãs. Na ocasião, Antunes cantou a faixa "O Pulso", música originalmente gravada no álbum Õ Blésq Blom (1989).

No ano de 2002, formou, em parceria com os amigos Marisa Monte e Carlinhos Brown, o trio Tribalistas, pelo qual lançaram o álbum homônimo.

O álbum foi sucesso de público e crítica e vendeu, até 2009, mais de 2 100 000 cópias no Brasil e na Europa.

Foi também indicado a cinco categorias do Grammy Latino em 2003, ganhando o prêmio de Melhor Álbum Pop Contemporâneo Brasileiro.

O grupo só viria a gravar um segundo álbum, também chamado Tribalistas, em 2017, mas segundo Antunes continuaram compondo em seus encontros, com o resultado entrando nos trabalhos solo dos três cantores.

Arnaldo ainda atuou como ensaísta na Folha de S.Paulo, quando deixou evidente o substrato teórico que transparece no seu trabalho estético.

Lançou no final do ano de 2007 o primeiro DVD de sua carreira, o premiado Ao Vivo no Estúdio, que passeia por toda sua carreira e que conta com as participações especiais do ex-titã Nando Reis, do titã Branco Mello, do Ira!

Edgard Scandurra e dos tribalistas Marisa Monte e Carlinhos Brown. Em 2008 fundou a banda Pequeno Cidadão, que integrou até 2012.

Dela fazem parte Edgard Scandurra, Taciana Barros e Antonio Pinto, além de seus filhos e sobrinhos.É conhecido na América do Sul por ser um dos principais compositores da música pop brasileira, respirando de influências concretistas e pós-modernas.

Compositor de hits como "Pulso", "Alma", "Socorro", "Não Vou Me adaptar", "Beija Eu", "Infinito Particular", "Vilarejo", "Velha Infância" e "Quem Me Olha Só", já teve suas canções interpretadas por artistas como Jorge Drexler, Marisa Monte, Nando Reis, Zélia Duncan, Cássia Eller, Frejat, Margareth Menezes, Pepeu Gomes, além, claro, dos Titãs, banda da qual fez parte até 1992. O músico foi VJ da MTV Brasil durante o ano de 2011, comandando o mensal Grêmio Recreativo. Em outubro de 2008, a revista Rolling Stone promoveu a Lista dos Cem Maiores Artistas da Música Brasileira, na qual Arnaldo ocupa o 95° lugar.

Arnaldo Antunes é compositor e intérprete da canção "Lavar as Mãos", que era exibida no programa educativo Castelo Rá-Tim-Bum, que, por sua vez, é o maior sucesso de audiência da história da TV Cultura. Colaborou com a banda portuguesa Clã em vários dos seus álbuns (Lustro, Rosa Carne, Vivo, Cintura) e espetáculos.

Em 2015, participou da canção "Trono de Estudar", composta por Dani Black em apoio aos estudantes que se articularam contra o projeto de reorganização escolar do governo estadual de São Paulo.

A faixa teve a participação de outros 17 artistas brasileiros: Chico Buarque, Tiê, Dado Villa-Lobos (Legião Urbana), Paulo Miklos (seu ex-companheiro de Titãs), Tiago Iorc, Lucas Silveira (Fresno), Filipe Catto, Zélia Duncan, Pedro Luís (Pedro Luís & A Parede), Fernando Anitelli (O Teatro Mágico), André Whoong, Lucas Santtana, Miranda Kassin, Tetê Espíndola, Helio Flanders (Vanguart), Felipe Roseno e Xuxa Levy.

Seu álbum RSTUVXZ foi eleito o 16º melhor disco brasileiro de 2018 pela revista Rolling Stone Brasil. Em 2020, a produtora Porta dos Fundos lançou uma nova versão de "A Marcha do Demo", música dos Vestidos de Espaço, com Arnaldo nos vocais para promover seu especial de natal Teocracia em Vertigem.

A versão ganhou um clipe, com Arnaldo cantando em estúdio e os integrantes do Porta dos Fundos cantando em isolamento social.

São mostradas também imagens do making-of do especial. Fora da música, também já expôs trabalhos em artes plásticas.

Videografia de Arnaldo Antunes

Nome (1993) Tribalistas (2002) Ao Vivo no Estúdio (2007) Ao Vivo lá Em Casa (2010) Pequeno Cidadão (2011) Especial MTV - A Curva da Cintura (2011) Acústico MTV - Arnaldo Antunes (2012) Tribalistas (2017).

Livros de Arnaldo Antunes

Ou e (Edição do autor, 1983). Psia (Expressão, 1986). Tudos (Iluminuras, 1991). As Coisas (Iluminuras, 1991). Vencedor do Prêmio Jabuti. Nome (BMG,1993).

2 ou + Corpos no Mesmo Espaço (Perspectiva, 1997). Doble Duplo (Zona de Obras / Tan, 2000). 40 Escritos (Iluminuras, 2000).

Outro (Mirabilia, 2001). Palavra Desordem (Iluminuras, 2002). ET Eu Tu (Cosac & Naify, 2003). Antologia (Quasi, 2006). Frases do Tomé aos Três Anos (Alegoria, 2006).

Como É que Chama o Nome Disso (Publifolha, 2006). Melhores Poemas (Global Editora, 2010). n.d.a. (Iluminuras, 2010). Animais (Editora 34, 2011).

Cultura (2012). Saiba (DBA Editora, 2013). Outros 40 (Iluminuras, 2014). "Agora aqui ninguém precisa de si" (2015). Vencedor do Prêmio Jabuti. Família (2015).

Em coautoria com Tony Bellotto.

Televisão de Arnaldo Antunes

MTV Brasil - Grêmio Recreativo (2011).

Cinema de Arnaldo Antunes

Em 1985, atuou no filme Areias Escaldantes, um musical brasileiro. Em 2010, atuou no filme Eu e Meu Guarda-Chuva.

Data de Aniversário de Arnaldo Antunes

Arnaldo Antunes comemora seu aniversário todo dia 02 de Setembro, e é do signo de Virgem.

Arnaldo Antunes: Idade e Data de Nascimento

Arnaldo Antunes nasceu em 1960, era Sexta-feira. Hoje tem 61 anos de idade.

Altura de Arnaldo Antunes

Ainda não temos informações sobre a altura de Arnaldo Antunes. Se você sabe, ajude a gente enviando essa informação nos comentários ao final da página.

Características Físicas

Altura Não informado
Peso Não informado
Peso Ideal Não informado
Olhos Não informado
Tom da pele Não informado
Sexo / Gênero Não informado

Também fazem aniversário no dia 02 de Setembro

Anthony Chau-Sang Wong Guy Laliberté Javi Martínez Laurindo Almeida Leo Chaves Mariangela Giordano Oscar Magrini Ramón Valdés Salma Hayek Venida Evans Victor Fasano Wah Yuen

Outros famosos do signo de Virgem

2 Chainz A.J. Castro Aamir Ali Adam Sandler Adam Sopp Adrian Bustamante Ahd Tamimi Ahna O'Reilly Ai Weiwei Ailton Graça Al Jardine Alberto Podestá Alejandro Goic Alessandra Negrini Alessandro Piavani Alex Hassell Alex Lifeson Alex Song Alexander Mackendrick Alexander Skarsgård Alexandre Rodrigues Alexis Raben Alfie Allen Alfonso Herrera Aline Dias Alison Steadman Allan Havey Alok Álvaro Cervantes Alyssa Diaz Amanda de Godoi Amanda Ooms Amparo Grisales Amy Irving Amy Macdonald Ana Carolina Ana Nave Andréa Beltrão Andrea Bocelli Andrea Frigerio Andreas Kisser Andrei Claude Andrew Rannells Angela Gheorghiu Ângelo Rodrigues Ann Talman Anne Archer Anne Jackson Anne Ramsay Annette Badland Anthony Chau-Sang Wong Anthony Hayes Antonio Carrizo Antony Gormley Arlindo Cruz Armie Hammer Arturo Maly Ashley Roberts Augustus Prew Bashar al-Assad Bebe Rexha Ben Carson Ben Gazzara Bernabé Rico Bernardo Badillo Bernie Williams Bertrand Bonello
Ver todos

Comentários