Foto de Anitta

Anitta Feminino

Início da vida de Anitta

Anitta nasceu em Honório Gurgel, no Rio de Janeiro, Brasil, em 30 de março de 1993. Ela é a filha mais nova da artesã paraibana Miriam Macedo com o vendedor mineiro Mauro Machado.

Seu irmão, Renan Machado, trabalha como seu produtor artístico. Seu pai divorciou-se de sua mãe Miriam quando Anitta ainda era pequena.

Começou a carreira aos 8 anos de idade cantando no coral da Igreja Santa Luzia, no bairro Honório Gurgel, no Rio de Janeiro, por intervenção de seus avós maternos.

Desde essa época, já "queria ser artista, rica e famosa". Ela era considerada por sua mãe uma aluna estudiosa e que "sua nota tinha que ser a maior da turma".

Aos 11 anos de idade, seu pai, que ajudava nas despesas da casa, acabou vendo sua empresa ir à falência; com isso, ele não pôde mais colaborar com os custos dos estudos particulares de Anitta.

Deste modo, ela migrou para a Escola Municipal Itália e, com a mesada, decidiu fazer um curso de inglês, ganhando, posteriormente, aulas de dança de salão oferecidas pelo professor de sua mãe.

Aos 16 anos, ela concluiu o Ensino Médio Técnico em administração no Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro (ISERJ/FAETEC).

Um ano depois, começou a fazer estágio de administração na mineradora Vale do Rio Doce. Para comprar roupas para usar no trabalho, ela arrumou um serviço temporário em uma loja de vestuário.

Para seguir a carreira de cantora, decidiu sair do emprego na Vale. O nome artístico "Anitta" foi uma inspiração na minissérie Presença de Anita, da TV Globo.

Ela achava a personagem Anita "incrível" pois conseguia "ser sexy sem ser vulgar, menina e mulher ao mesmo tempo". Em 2009, ela começou a publicar vídeos em seu canal no YouTube onde exibia suas músicas e danças.

Imagem pública de Anitta

Logo após atingir o estrelato, Anitta foi descrita como um símbolo sexual pela mídia. Em 2015, ela foi eleita a mulher mais sexy pela revista VIP.

Escrevendo para a Folha de S.Paulo, Gustavo Fioratti afirmou que a "personalidade sexy, vulgar com estilo" da cantora é mais impressionante em seus videoclipes do que em suas performances ao vivo.

O jornal inglês Daily Mail a chamou de "bombshell". Ela acredita que, pelo fato de trabalhar "com a coisa da sensualidade", seu trabalho artístico não é levado a sério por uma parte da crítica e público.

A cantora expressou sua frustração dizendo: "[...] as pessoas acham que você não tem talento, não tem inteligência. Posso ser inteligente e ter a vontade de ser sensual."Em 2014, Anitta foi acusada de adotar um "discurso antifeminista" durante uma participação no programa Altas Horas, da TV Globo, alegando que "as mulheres lutaram tanto para ter os mesmos direitos do que os homens, que, quando conseguiram, quiseram tomar conta da situação e o lugar do homem".

Posteriormente, ela começou a adotar um posicionamento mais alinhado com os ideais do feminismo e também passou a se considerar feminista.

Ao ser eleita a "Mulher do Ano" pela edição brasileira da revista GQ, em 2017, ela disse: "Eu vou continuar lutando com a minha música.

Falando sobre coisas superficiais, dançando, usando roupa curta, falando que eu falo e que eu aconteço... para que as pessoas entendam que não é uma roupa curta, não é o rebolado, não é o fato de você beijar quantas pessoas você quer beijar numa noite, que vai dizer se você é inteligente, se você é capaz, se você tem talento, se você pode cantar, fazer ou deixar de fazer.".

A cantora foi listada pela revista Vogue como uma das 100 pessoas mais influentes e criativas do mundo. Anitta foi escolhida para o ranking por causa do seu "engajamento em prol da positividade em torno do corpo ilustrada pela escolha afirmativa de exibir sua imagem sem retoques no vídeo de "Vai Malandra".

Dom Phillips, do The Guardian, afirmou que o videoclipe de "Vai Malandra" "desencadeou um debate feroz no Brasil, expondo as linhas de falhas sociais do país, que lidam com questões de desigualdade, racismo, abuso sexista e apropriação cultural.".

Para gravar o videoclipe, Anitta foi até o Morro do Vidigal, uma favela do Rio de Janeiro, e usou um biquíni de fita isolante, tranças no cabelo e um "tom de pele mais escuro" que o seu natural para compor seu visual.

Escrevendo para a Marie Claire, Stephanie Ribeiro disse que, embora o vídeo tenha sido apontado como uma "prova de apropriação cultural", "O debate, na verdade, deveria ser sobre identidade e conveniência racial.

Anitta usa a negritude quando lhe convém. [...] por que em outras ocasiões ela assume uma estética que não remete a uma certa “negritude”?" Anitta respondeu a esse tipo de crítica alegando que sua família paterna é negra e que "No Brasil, ninguém é branco".

Anitta é um alvo frequente do escrutínio da mídia, e alguns críticos acreditam que seu interesse por movimentos sociais (LGBT, negro e feminista) é movido por "interesses financeiros", enquanto outros descrevem seu trabalho como "libertador".

Em texto reproduzido pelo El País Brasil, o escritor Anderson França comentou sobre as estratégias de publicidade de Anitta e os debates causados por seu trabalho, dizendo que "Ela espera teus aplausos, mas ela se entrega aos teus ataques.

Uma estratégia Marina Abramović funkeira [...]. Poder não é fazer com que você [a] ame, é fazer com que você não pense em outra coisa".

O jornalista Leo Dias, que conhece Anitta desde 2012 e escreveu a biografia Furacão Anitta, a caracterizou como egocêntrica e disse que ela "é controladora de tudo" e "tem sérios problemas psiquiátricos para tratar.

O mundo não gira em torno dela, e [ela] precisa entender que não é o centro do mundo". Dias, porém, afirmou que admira a carreira de Anitta.

Anitta também comentou a "fama de brigona" ganha após desentendimentos públicos com artistas com quem ela havia trabalhado: "Eu não vejo dessa maneira.

Todos os seres humanos têm a sua desavença ou suas complicações de relações com alguém, seja no trabalho ou na vida pessoal.

O problema é que eu sou uma pessoa pública e as pessoas obviamente sempre dão mais ênfase para as partes negativas do que as positivas.

É impossível um ser humano nunca ter brigado com ninguém". Anitta é uma das celebridades mais influentes das redes sociais.

Em junho de 2017, ela apareceu no ranking Social 50 da Billboard norte-americana como a 15.ª artista mais influente do mundo nas redes sociais, repetindo, entre outras vezes, sua aparição em dezembro, quando ficou na décima posição.

Em março de 2018, ela ganhou o prêmio iHeart Music Awards na categoria Social Star (Estrela das Redes Sociais). Após atingir o sucesso, Anitta associou sua imagem a diversas marcas.

Muitas vezes referida como um "caso de marketing", Anitta afirmou sentir-se elogiada quando a descrevem dessa forma. Ela explicou: "Eu fico feliz quando vejo que as pessoas acreditam que eu seja um caso de marketing, porque sou eu que faço meu marketing.

Estudei marketing, me formei em administração num curso pré-faculdade, tive aula de marketing, todo meu marketing sou eu que planejo, sou eu que faço, [então] me sinto elogiada quando vejo as pessoas dizendo isso.".

Ela ainda descreveu como "co-branding" a sua estratégia de se associar com artistas estrangeiros com o intuito de levar seu trabalho a outros mercados.

Anitta costumava usar vestes mais estampadas e coloridas no início da carreira, com combinações entre cropped top, short jeans e blusa xadrez e bonés.

Depois do lançamento do álbum Bang! (2015), o estilo da cantora passou a fazer referências à pop art. Ela já declarou que gosta de usar roupas das grifes Moschino e Givenchy.

Em uma entrevista ao site EGO.com, ela afirmou: "Ser estilosa é ter atitude, é ter senso incomum e ser autêntica.

Ter estilo é ter bom humor. Na minha opinião, ser cafona é fazer ou vestir algo porque todo mundo faz ou vestir alguma coisa porque esperam isso de você".

Em 2014, a cantora assumiu ter feito seis plásticas, justificadas por um descontentamento em relação à sua aparência: "Eu me via um pouco prejudicada.

Sempre tive um nariz prejudicado também. Onde eu passava o pessoal fingia que estava perdendo a respiração, porque eu respirei todo ar local".

Até 2016, Anitta já havia feito duas cirurgias no peito, duas rinoplastias, lipoaspirações, aumento das maçãs do rosto, entre outras.

Anitta ainda considera fazer novas plásticas no futuro. Em 2016 o número aumentou para oito intervenções cirúrgicas, a mais recente foi um preenchimento nos lábios, totalizando mais de 100 mil reais em procedimentos estéticos.

Prêmios e indicações de Anitta

Anitta já foi nomeada em premiações importantes, nacionais e internacionais. Em 2013, obteve três indicações ao Prêmio Multishow nas categorias "Artista Revelação", "Melhor Clipe" e "Música Chiclete", tendo vencido as duas últimas.

No mesmo ano, foi indicada aos Meus Prêmios Nick em mais duas categorias: "Cantora Favorita" e "Revelação Musical", mas não venceu na ocasião.

No final de 2013 foi eleita como a artista brasileira do ano pelo iTunes. Ainda em 2013, ela foi eleita pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) como a "revelação do ano" e pela revista Forbes uma das 100 celebridades mais influentes do Brasil, tornando-se a mais jovem artista a figurar-se em tal publicação.

Em 2014, recebeu sua primeira indicação ao Grammy Latino e tornou-se a cantora brasileira mais jovem a apresentar-se no Grammy.

Também recebeu sua primeira indicação ao MTV Europe Music Awards na categoria "Best Brazilian Act", mas o prêmio foi para a cantora Dulce María na terceira fase da premiação.

Novamente, em 2014, a cantora recebeu nomeações em duas categorias ao Prêmio Multishow, embora não tenha vencido nenhuma. Conseguiu o prêmio de "Música do Ano" por "Show das Poderosas" no Prêmio Globo de Melhores do Ano.

Anitta ainda ganhou troféu pelo Festival da Música, sendo a cantora homenageada do ano de 2014. Recebeu também em 2015 um prêmio na famosa premiação Jovem Brasileiro como “Melhor Cantora Jovem”. No ano de 2015, Anitta ganhou o troféu de Melhor Cantora no prêmio Geração Glamour.

Indicada pelo terceiro ano consecutivo, a cantora levou dois prêmios das seis indicações nos prêmios Multishow e foi a grande vencedora da noite, vencendo nas categorias "Melhor Show" e "Melhor Música".

Anitta conquistou dois troféus na MTV - Europe Music Awards: na categoria "Best Brazilian Act" e "Worldwide Act: Artista América Latina", se tornando a primeira cantora brasileira a conquistar os prêmios.

Ainda em 2015, foi eleita pela revista VIP a "mulher mais sexy do mundo". Em 2016, foi indicada pela terceira vez ao EMA, vencendo na categoria de "Melhor Artista Brasileiro".

Ela concorreu com os cantores Tiago Iorc, Ludmilla, Karol Conká e Projota. O resultado da premiação foi revelado no dia 6 de novembro em Roterdã, na Holanda.

Em novembro de 2017, na sétima edição do prêmio Men of the Year, concedido pela revista masculina GQ, Anitta foi eleita a Mulher do Ano por conta de sua projeção no cenário musical internacional.

Em 11 de março, ela ganhou o prêmio iHeart Music Awards na categoria Social Star (Estrela das Redes Sociais).

Vida pessoal de Anitta

Numa entrevista para a revista Trip, em 2017, ela disse que faz terapia e também que, se não seguisse a carreira artística, "seria uma psicóloga feliz.".

Em setembro de 2018, Anitta afirmou que é bissexual. Em janeiro de 2019, após assistir ao documentário Cowspiracy, tornou-se vegana.

Em 2019, o jornalista de celebridades Leo Dias lançou uma biografia não autorizada sobre a cantora, tendo como fontes pessoas próximas a ela, incluindo seus familiares.

Em Furacão Anitta, Dias afirma que Anitta é seguidora do candomblé e que ela atribui suas conquistas profissionais à religião.

Durante uma entrevista para a Marie Claire, em 2019, Anitta afirmou que acredita nos princípios do espiritismo. Por influência do pai, é torcedora do Botafogo de Futebol e Regatas.

Em outubro de 2019, foi noticiado que Anitta descobriu ter um irmão por parte de pai que ela e sua família não conheciam.

Ela disse: "Ninguém buscou a gente, eu que fui atrás dele. A mãe dele e o meu pai perderam contato.

A mãe dele viu meu pai na televisão junto comigo, comentou que aquele era nosso pai. E ele não nos procurou, porque tinha medo de a gente achar que ele queria dinheiro, era interesseiro, como todo mundo ficou comentando.".

Discografia de Anitta

Anitta (2013) Ritmo Perfeito (2014) Bang! (2015) Kisses (2019) Girl from Rio (2021).

Turnês de Anitta

OficiaisTurnê Show das Poderosas (2013–14) Turnê Meu Lugar (2014–15) Bang Tour (2015–2017) Kisses Tour (2019–2020)PromocionaisChá da Anitta (2013–16) Show das Poderosinhas (2015–2019) Made in Brazil (2018) Blocos carnavalescosBloco das Poderosas (2016–2020).

Data de Aniversário de Anitta

Anitta comemora seu aniversário todo dia 30 de Março, e é do signo de Áries.

Anitta: Idade e Data de Nascimento

Anitta, cujo nome de batismo é Larissa de Macedo Machado, nasceu em 1993, era Terça-feira. Hoje tem 28 anos de idade.

Altura de Anitta

De acordo com as informações que recebemos, Anitta tem 1.62 m de altura. Anitta é considerada uma pessoa de estatura média.

Características Físicas

Altura 1.62 m
Peso 55 kg
Peso Ideal 56.0 kg
IMC 20.96% (Peso normal) *
Olhos Castanhos
Tom da pele Parda
Sexo / Gênero Feminino

* O IMC serve apenas como base e não se aplica de forma fidedigna a idosos, crianças, adolescentes ou praticantes de musculação.

Também fazem aniversário no dia 30 de Março

Outros famosos do signo de Áries

Ver todos

Comentários