Foto de Andrew Garfield

Andrew Garfield Masculino

Role a página para encontrar informações gerais como peso, altura e idade de Andrew Garfield, dentre outras.

Você também irá encontrar outras celebridades que fazem aniversário no mesmo dia, além de signo dos famosos e comentários da comunidade.

Primeiros anos e adolescência de Andrew Garfield

Andrew Russell Garfield nasceu em Los Angeles, Califórnia. Oriundo de uma família de classe média, é filho de Lynn (sobrenome de solteira: Hillman), natural de Essex, Inglaterra, e Richard Garfield, nascido na Califórnia, e tem um irmão mais velho, Ben Garfield, cuja profissão é médico.

Seus avós paternos, Samuel Garfield e Doris May Savage, cujo sobrenome era originalmente "Garfinkel", eram provenientes de famílias de imigrantes judeus que se mudaram de Londres à Europa Oriental (Polônia, Rússia e Romênia).

Do lado materno, seus avós chamavam-se Peter Hillman e Florence A. Luckens, nativa de Londres. Seus pais mudaram-se de Los Angeles para Epsom, na Inglaterra, quando ele tinha três anos.

Garfield teve uma educação secular e referiu-se a si mesmo como um "panteísta agnóstico", embora judeu. Seus progenitores tiveram uma pequena empresa de design de interiores, mas, mais tarde, Richard tornou-se o primeiro treinador do Clube de Natação da cidade de Guildford e sua mãe, professora assistente em uma creche.

Durante sua infância, Garfield praticou ginástica e natação, além de ter sido um ávido filatelista. Originalmente, sua pretensão era estudar administração; contudo, interessou-se pela atuação aos dezesseis anos, ocasião em que um amigo o convenceu a frequentar uma escola de teatro, já que frequentemente fugiam das aulas.

Inicialmente, ele frequentou a Escola Preparatória de Priory, em Banstead, e, em seguida, a City of London Freemen's School, localizada em Ashtead.

Por fim, estudou interpretação na Royal Central School of Speech and Drama, em Londres, onde se graduou em 2004.

Estilo de atuação e reconhecimento de Andrew Garfield

Garfield é amplamente considerado um dos atores mais talentosos de sua geração e um dos britânicos mais famosos e bem-sucedidos em Hollywood.

Além disso, é conhecido por sua preparação para seus papéis, tendo, inclusive, utilizado O Método durante a composição de seu personagem homossexual Prior Walter, da peça teatral Angels in America (2017-18).

Tamanha foi a intensidade de seu comprometimento que, no processo, ele afirmou: "Sou um homem gay neste momento sem o ato físico — isso é tudo.", citação que gerou alguns comentários negativos.

Outro papel que exigiu muito do ator foi o do jesuíta Sebastião Rodrigues, no filme Silence (2016), para o qual teve de perder 20 quilos e passar muitos meses na Ásia, onde se passa a história, o que fez com que o artista ficasse distante e perdesse o contato com sua então namorada, Emma Stone.

Diante do comprometimento dele para com o trabalho e a distancia entre eles, a atriz resolveu terminar o relacionamento. Marc Webb, que o dirigiu em The Amazing Spider-Man e sua sequência, elogiou sua atuação sem esforço e seus talentos extraordinários.

"Ele tem uma rara combinação de inteligência, sagacidade e humanidade. Marque minhas palavras, você vai amá-lo como Peter Parker.". O ator afirmou que não usara O Método para o papel nestes filmes, mas que definitivamente dedicara-se a ele e quisera ter certeza de que realizara o trabalho da melhor forma possível "e nos certificamos de que o personagem seja apresentado da maneira que deveria ser".

Posteriormente, o artista declarou que não dorme muito bem após a finalização das filmagens de seus filmes, uma vez que, em suas palavras, dedica sua vida a interpretar suas personagens.

Comentando sobre sua atuação em The Amazing Spider-Man, Jane Graham, do The Guardian, observou a sua capacidade em fazer uma análise tão convincente do Homem-Aranha, complementando: "não vai surpreender ninguém que tenha seguido sua carreira em rápida ascensão até agora.

Não é apenas sua energia nervosa. Ele tem uma história de fazer escolhas interessantes e uma habilidade para usar seu olhar irritado para roubar cenas de alguns dos melhores atores do ramo.".

No que tange ao teatro, Tony Kushner, sobre a interpretação do artista, declarou: "Considero uma das atuações mais excelentes que eu já vi sobre um personagem gay contemporâneo interpretado por um rapaz hétero.", ao passo que Nathan Lane, o seu coprotagonista da peça Angels in America descreveu-o como "imensamente talentoso".

Ao longo de sua carreira, Garfield tem interpretado diversos tipos de personagens em diferentes gêneros de filmes, como em comédia, drama e ação.

No início de sua ocupação, contudo, muitos de seus papéis eram de pessoas vulneráveis, infortunadas e excluídas socialmente, o que levou a escritora Whitney Friedlander a analisar que isso prejudicou a imagem do ator e certos pontos de sua profissão, como ter ficado de fora de indicações e vitórias a importantes premiações.

O ator citou Daniel Day-Lewis e Tom Hanks como inspirações e assegurou que gostaria de ser "uma fusão de todos os grandes artistas"; creditou aos filmes Back to the Future, aos da franquia Indiana Jones e The Princess Bride como os que o influenciaram a ser ator.

Na mídia e imagem pública de Andrew Garfield

A imagem pública de Garfield está ligada ao seu carisma; ele é descrito pela imprensa como um símbolo sexual.

Sobre esta classificação, afirmou: "Eu era um garoto magro. Porém, eu estou aqui para dizer a todos os outros rapazes que sê-lo está bem.

Você ainda pode tornar-se um bom jogador de rugby; e ainda pode ser o Homem-Aranha.". Em 2016, o ator contou que tentara o papel principal de The Chronicles of Narnia: Prince Caspian em 2008, mas acabou sendo recusado por causa de sua aparência: "Eu realmente queria o papel.

Isto é tão bobo. Era um filme de Nárnia. O filme de Caspian… Mas Ben Barnes acabou ficando com ele.

O feedback que me deram foi: 'ele não é bonito o bastante'. O que eu poderia fazer? Eu não sou bonito o bastante para ser o Príncipe Caspian.".

Em sua analise à Vanity Fair, Joanna Robinson escreveu que a não escalação de Garfield foi um ponto positivo para sua carreira, dado que o segundo filme de Crônicas de Nárnia, estrelado por Barnes, arrecadou cerca da metade do que o filme original angariara e teve criticas menos favoráveis.

E com apenas mais uma continuação que foi ainda menos favorável, The Voyage of the Dawn Treader, também com Barnes, a franquia de Nárnia foi totalmente arquivada.

A escritora completou que o ator ter ficado de fora da franquia não o prejudicou de qualquer modo, posto que ele conseguiu papéis aclamados pela crítica e nomeações a prêmios como ao Oscar, BAFTA, Critic's Choice, Globo de Ouro e ao SAG.

No que se refere à sua imagem, Holly Coletta, da revista Speakeasy, notou que ele "não é o extravagante britânico sensual como Daniel Craig, ou o indecente e atraente britânico [favorito dos grupos] das pré-adolescentes como Robert Pattinson, mas Andrew é tão desajeitado e humilde e adorável que é extravagantemente sexy.".

A Empire descreveu-o como "Espirituoso, profundamente autodepreciativo, genuinamente engraçado e um pouco geek — o que não amar em Andrew Garfield?".

A mídia cita seus grandes olhos castanhos e cabelo comprido como suas marcas registradas.À medida que sua carreira em Hollywood desenvolveu-se, Garfield tornou-se um ator popular e de sucesso.

Em 2010, ele foi incluído na lista dos 20 Atores em Ascensão com Menos de 30 anos mais Talentosos (em inglês: Top 20 Rising Stars Under 30) da revista Trespass e recebeu uma indicação ao BAFTA de "Melhor Ator em Ascensão".

Posteriormente, o The Guardian chamou-o de "[o] jovem ator mais sensual e talentoso da Grã-Bretanha.". Alguns meios de comunicação elegeram-no um dos Homens Mais Sensuais do Mundo.

A revista Rolling Stone classificou-o entre uma das "Pessoas Mais Sensuais de 2010" e a Entertainment Weekly posicionou-o no 6.º lugar na lista dos "15 Artistas do Ano", reprisando sua presença dois anos depois.

O ator ocupou a 73.ª colocação na lista Hot 100 do portal LGBT AfterElton.com em 2011. Repetiu a sua aparição nos anos seguintes, sendo votado como o 64.º da publicação de 2012 e o 17.º no ano subsequente.

No catálogo dos "100 Homens Mais Sensuais do Mundo", efetuado pela Glamour em 2012, ocupou a 56.ª posição; depois, a 63.ª no ano posterior, a 61.ª em 2014 e a 85.ª no ano de 2016.

Ainda em 2012, a revista elegeu-o o 11.º dos "20 Britânicos Mais Atraentes", enquanto a GQ classificou-o como o 8.º dos Jovens mais Elegantes de Hollywood com Menos de 30 Anos.

O canal MTV nomeou-o um dos Homens Mais Sensuais Vivos, ao passo que, em 2011, a People agregou-o em sua publicação de mesmo título.

Em outras publicações da mesma revista, foi escolhido o oitavo homem mais sensual de qualquer idade e um dos Britânicos Solteiros mais Atraentes de 2014.

A Empire posicionou-o no 36.º lugar na lista das "100 Estrelas de Cinema Mais Sensuais", realizada em 2013, e a The Cult envolveu-o em sua pesquisa alcunhada "40 Homens Considerados Bonitos por Outros Homens".

Foi relatado que o ator ganhou 500 000 dólares pelo filme The Amazing Spider-Man, ao passo que, para sua sequência, possivelmente recebeu o dobro do valor.

Em 2013, ele entrou na lista das "Estrelas Mais Valiosas", compilada pela Vulture; repetiu sua aparição no ano seguinte e em 2015.

Ele é uma das pessoas de maior bilheteria de todos os tempos na América do Norte. A revista Celebrity Net Worth avaliou seu patrimônio líquido em dez milhões de dólares.

Ele manifestou que não gosta muito de usar sites de mídia social porque acredita que eles dificilmente contribuem para o desenvolvimento pessoal e revelou que encontrou "diferentes experiências" de popularidade.

"O melhor é quando tu sais do camarim e alguém te entrega uma carta na qual eles [os fãs] me agradecem por ter salvo sua vida.

Essa é a melhor parte da fama.". Em uma entrevista à revista New York, o ator criticou o padrão imposto às celebridades e disse que sente que "não é aceito" na cultura de hoje.

Afirmou também que, embora possa parecer brega, quer fazer a diferença no mundo e finalizou dizendo que: "Celebridade é a nova religião."Garfield serviu de influência para Alex Hibbert, que o tem por seu ator favorito e revelou ter muito desejo de trabalhar com ele.

Em 2015, os aracnologistas Yuri M. Marusik e Alireza Zamani homenagearam-no nomeando uma nova espécie de aranha da família Filistatidae, Pritha garfieldi, com o sobrenome dele.

Causas humanitárias e filantropia de Andrew Garfield

Garfield colaborou com diversas causas e instituições de caridade ao longo de sua carreira. Em 2011, tornou-se o Embaixador do Esporte da fundação Worldwide Orphans Foundation (WWO), cujo intuito é transformar a vida das crianças órfãs.

Sua escolha deu-se depois de ter se tornado tio e, ao ver o amor e as oportunidades que os filhos gêmeos de seu irmão tinham, quis dar a mesma chance às crianças de todo o mundo.

Ele fez sua primeira viagem como representante da organização à Etiópia e declarou seu desejo de ser capaz de dar muito tempo à fundadora da instituição, Jane Aronson, e ao seu trabalho maravilhoso.

Jane observou que o ator ter interpretado o ícone da infância dele, Homem-Aranha (e um dos órfãos mais famosos da cultura pop), ajudou-o a entender o sentimento de estar desamparado: "A parceria de Andrew com a WWO é sobre [a existência] desse super-herói dentro de cada criança".

Em novembro do ano posterior, ele participou de um jogo do programa Ellen cujo desígnio foi realizar diferentes tipos de danças para angariar dinheiro para a instituição: o ator conseguiu dez mil dólares.

Embora já tivessem realizado a ação anteriormente, como em setembro de 2012, foi a junho de 2014 que o ator e sua então namorada, Emma Stone, atraíram a atenção da mídia ao usarem sua fama para promover algumas instituições de caridade e organizações não governamentais.

Enquanto saíam para almoçar em um restaurante em Manhattan, Nova Iorque, viram um grupo de paparazzi se aproximando e decidiram aproveitar a oportunidade e taparam o rosto com papéis que continham os endereços de cada lugar.

"Bom dia! Nós estávamos comendo e vimos um grupo de caras com câmeras do lado de fora, então vamos tentar fazer isso de novo.

Nós não precisamos de atenção, mas essas organizações maravilhosas sim:", dizia a primeira parte do bilhete que Stone segurava, o qual tinha uma flecha apontada para Garfield, que completava: " Aqui estão as coisas que importam.

Tenha um ótimo dia". As instituições de caridade listadas no cartão foram Youth Mentoring Connection, Autism Speaks, Worldwide Orphans e Gilda’s Club New York City.

O conceito virou febre entre os famosos, e casais como Anne Hathaway e seu marido Adam Shulman aderiram a ele.

Outras instituições que o artista apoia são: Small Steps Project, Stand Up to Cancer e Starlight Children's Foundation. A 17 de outubro de 2017, ele retornou ao Ellen, desta vez, com intento de angariar fundos à organização Breast Cancer Research Foundation — cujo objetivo é apoiar pesquisas translacionais realizadas por clínicas sobre câncer de mama —, em homenagem ao Mês de Conscientização sobre o Câncer de Mama.

O ator foi desafiado a realizar a acrobacia "Flip" para que fossem doados trinta mil dólares à organização.

Vida pessoal de Andrew Garfield

Garfield tem dupla cidadania norte-americana e britânica e, em 2009, afirmou ao Sunday Herald que "se sente igualmente em casa" em ambos os países e "gosta de ter uma existência cultural variada".

Ele habitualmente dá entrevistas sobre seu trabalho, mas não discute publicamente os detalhes de sua vida privada. O ator também contou que, quando era bebê, quase morreu após ter contraído meningite.

"Meus pais ouviram dos médicos que, se eu sobrevivesse, teria graves deficiências físicas e mentais. Mas fora isso não tive de lidar muito com doenças."Entre os anos de 2008 a 2011, teve um relacionamento com a atriz Shannon Woodward.

Durante as gravações do filme The Amazing Spider-Man, em 2011, Garfield começou a namorar sua coprotagonista Emma Stone. Por um tempo, foram o casal favorito de Hollywood.

Todavia, após algumas discrepâncias relacionada ao trabalho, principalmente ao dele, que estava gravando Silence na Ásia, eles se separaram em 2015, embora permaneçam próximos.

Ela declarou que ele "é alguém que eu ainda amo muito". Quando questionado sobre sua sexualidade, em uma entrevista realizada em julho de 2017, Garfield declarou: "Até este ponto, eu só fui sexualmente atraído por mulheres.

Minha postura com relação à vida, porém, é que sempre procuro me render ao mistério de não estar no comando.

Penso que, [como] a maioria das pessoas, estamos intrinsecamente tentando controlar nossas experiências, administrá-las e colocar muros em torno do que somos e de quem somos.

Quero conhecer o máximo possível do jardim antes de eu partir — tenho uma abertura para qualquer impulso que possa surgir dentro de mim a qualquer momento.

[...] Até onde eu sei, não sou gay. Talvez eu tenha um despertar em outra época da vida, que tenho certeza que será maravilhosa e eu poderei explorar essa parte do jardim.

Mas, agora, eu estou isolado na minha área, o que é maravilhoso também". Anteriormente, o ator havia afirmado: "Sou um homem gay neste momento sem o ato físico — isso é tudo", citação que gerou alguns comentários negativos.

Timothy Hafke, em sua análise à Out, observou essa fala como um modo de "saimento de armário". O discurso considerado foi similar ao de James Franco, que uma vez disse que era "gay em sua arte".

Posteriormente, Garfield assinalou que os comentários que ele fizera sobre homens gays foram "distorcidos" pela mídia: "Isso é claro que não é o que eu quis dizer.

Essa discussão foi sobre essa peça e como estou profundamente grato por poder trabalhar em algo tão profundo. É uma carta de amor para a comunidade LGBTQ.

Nós estávamos falando sobre 'Como você se prepara para algo tão importante e tão grande?' e eu estava basicamente dizendo: 'Eu mergulho o máximo que posso'.

A intenção [em meus comentários] era falar com isso, falar com meu desejo de desempenhar esse papel com o melhor de minha capacidade e mergulhar totalmente em uma cultura que eu adoro.".

Em declarações anteriores, ele já revelou não ter preferência sexual e, em outras, deixou implícita uma bissexualidade.

Prêmios e indicações de Andrew Garfield

Ao longo de sua carreira, Garfield já foi indicado e venceu diversos prêmios, notavelmente suas nomeações para o Oscar de Melhor Ator (2017), ao BAFTA de Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Estrela em Ascensão e Melhor Ator (2011 e 2017); Globo de Ouro para Melhor Ator Coadjuvante em Cinema e Melhor Ator em Filme Dramático (2011 e 2017); Prêmios Satellite de Melhor Ator Coadjuvante em Cinema (2011) e aos Prêmios Screen Actors Guild de Melhor Elenco em Cinema e Melhor Ator (2011 e 2017).

Ele já venceu o Prêmio AACTA de Melhor Ator (2017), BAFTA de Melhor Ator em Televisão (2008), Critics Choice de Melhor Ator em Filme de Ação, Palm Springs de Atuação do Ano (2017), Satellite de Melhor Ator em Cinema (2017), o Prêmio Saturno de Melhor Ator Coadjuvante em Cinema (2011), entre diversos outros.

Já no teatro, obteve indicações ao Prêmio Drama League de Desempenho Destaque (2012 e 2018, esta qual ganhou), Prêmios Evening Standard Theatre de Melhor Novato e Melhor Ator (2006 e 2017), Prêmio Laurence Olivier de Melhor Ator (2018) e ao Prêmio Tony de Melhor Performance de um Ator em um Papel de Destaque (2012) e ganhou o Drama Desk (2018) e o Tony de Melhor Ator em uma Peça.

O ator também já foi nomeado aos Prêmios Teen Choice em quatro ocasiões. Para o MTV Movie, recebeu três indicações, assim como aos prêmios Gold Derby, Golden Schmoes, KCA, Online Film & Television Association, das quais venceu uma, e ao Young Hollywood.

No que concerne à premiações concedidas por associações de críticos de cinema, angariou nomeações na Associação de Críticos de Cinema de Chicago, Boston Society of Film Critics, Broadcast Film Critics Association, Detroit Film Critics Society, Houston Film Critics Society, London Film Critics' Circle, no qual venceu as categorias de Melhor Ator Britânico e Melhor Ator Coadjuvante Britânico do Ano, e na Washington D.C.

Area Film Critics Association.

Data de Aniversário de Andrew Garfield

Andrew Garfield comemora seu aniversário todo dia 20 de Agosto, e é do signo de Leão.

Andrew Garfield: Idade e Data de Nascimento

Andrew Garfield nasceu em 1983, era Sábado. Hoje tem 38 anos de idade.

Altura de Andrew Garfield

Ainda não temos informações sobre a altura de Andrew Garfield. Se você sabe, ajude a gente enviando essa informação nos comentários ao final da página.

Características Físicas

Altura Não informado
Peso Não informado
Peso Ideal Não informado
Olhos Não informado
Tom da pele Não informado
Sexo / Gênero Masculino

Também fazem aniversário no dia 20 de Agosto

Outros famosos do signo de Leão

Ver todos

Comentários